Verstappen vence emocionante GP da Emilia Romagna, Hamilton e Norris completam o pódio

 


E na manhã deste domingo (18) tivemos o GP da Emilia Romagna que contou com emoção do inicio ao fim, já antes da largada a chuva caiu e com isso os pilotos tiveram que trocar os pneus slicks para os intermediários em alguns casos como os pilotos da Haas e Gasly da Alpha Tauri com os pneus de chuva forte. 

Hamilton que largava pela 99ª na pole position tinha logo atrás as duas Red Bull com Sergio Perez em segundo e Max Verstappen em terceiro, e na largada Verstappen conseguiu pular de terceiro para primeiro enquanto Hamilton caiu para segundo e após todos voltarem a utilizar o pneu slick mesmo com a pista tendo alguns ponto úmidos, o heptacampeão do mundo cometeu um erro básico ao tentar ultrapassar um retardatário para não perder tempo e alcançar novamente Verstappen, acabou saindo fora do traçado seco e com isso escorregou para fora da pista, nesse momento tentando retornar para pista e não ficar na brita o inglês chegou a bater o seu bólido na barreira de pneu e logo viu que teria que dar a ré para retornar para a pista e com muita sorte conseguiu fazer isso sem ficar atolado na brita e voltou em oitavo, mas para a sorte de Hamilton, Bottas e Russell acabaram se estranhando na pista causando um terrível acidente que fez com que a corrida fosse paralisada com isso ele não caiu para o fundo do grid caso aconteceria se a corrida seguisse normalmente.

A relargada aconteceu e Verstappen continuou a liderar de maneira tranquila a corrida enquanto Lewis Hamilton vinha se recuperando e conseguiu na volta 60 assumir a segunda colocação e terminar à 22s atrás da Red Bull de Max Verstappen que conquistou a sua primeira vitória nesta temporada e 11ª na sua carreira. Para Hamilton as coisas ainda continua boas já que graças a sua volta rápida que lhe garantiu 1 ponto ele ainda é o líder no campeonato com 1 ponto apenas à frente de Verstappen, o que mostra que o embate entre os dois durante está temporada será muito forte. 

Lando Norris assim como Lewis Hamilton, fez uma corrida de recuperação após ter largado em sétimo e como já havia mostrado um grande ritmo durante todo o fim de semana foi capaz de na parte final da prova a andar na segunda colocação porém acabou sendo superado pelo seu compatriota mas ainda assim terminou na terceira posição garantindo assim seu segundo pódio na F1.

A Ferrari mesmo não indo ao pódio tem muito que comemorar pois após no ano passado eles não terem feito uma boa corrida em Imola, este ano conseguiram ter seus dois carros no top 5, com Charles Leclerc em quarto e Carlos Sainz em quinto. O espanhol que chegou a errar na mesma curva que Lewis Hamilton quando a pista ainda estava molhada e chegou a passear nas britas mas pra sua sorte nada de mais aconteceu. 

Daniel Ricciardo da Mclaren que largou na sexta colocação conseguiu sobreviver na corrida e terminou na mesma colocação em que largou ajudando assim a equipe a garantir mais uns pontos importantes no mundial de construtores. 

Logo atrás do australiano da Mclaren tivemos Lance Stroll da Aston Martin fazendo mais uma vez uma corrida muito boa e terminando na oitava posição seguido por Pierre Gasly da Alpha Tauri que havia largado na quinta posição porém acabou perdendo posições por causa de um erro na estratégia, já que ele foi um dos que apostaram em utilizar o composto de pista de chuva enquanto todos os outros utilizaram o intermediário. 

Nas duas últimas colocações do top 10 que lhe garantem alguns pontinhos, tivemos Kimi Raikkonen marcando os primeiros pontos da Alfa Romeo nesta temporada e Esteban Ocon da Alpine marcando os primeiros pontos da equipe nesta temporada. 

Quem deixou muito a desejar desde o momento da largada foi Sergio Perez da Red Bull que largou em terceiro porém já na volta 1 acabou caindo para quarto e após a relargada quando ele tinha tudo para se recuperar e terminar no pódio acabou perdendo o carro e saindo fora da pista porém mesmo retornando não foi capaz de ganhar muitas posições e terminou na décima segunda colocação na cola de Fernando Alonso da Alpine. 

Dos carros que terminaram a prova, tivemos como de costume a dupla da Haas com Mick Schumacher em décimo sexto e Nikita Mazepin em décimo sétimo. Schumacher que chegou a bater o carro na saida dos boxes quando vinha aquecendo seus pneus e perdeu o controle mas acabou apenas quebrando a asa dianteira e conseguiu voltar para a corrida. 

A Williams por sua vez novamente neste mesmo circuito tinha a chance de pontuar mas novamente não conseguiram fazer isso, Nicholas Latifi acabou saindo da corrida ainda na volta 1 quando escapou em uma curva e no retorno para a curva na tentativa de segurar Mazepin acabou espremendo até demais o russo, fazendo com que os dois carros se tocassem e o canadense fosse para no muro. George Russell por sua vez vinha para ultrapassar Valtteri Bottas mas ambos acabaram se estranhando e acabaram com as suas chances de fazerem um boa corrida. 

A F1 que retornar agora em 2 de maio para o GP de Portugal e depois no dia 9 de maio teremos o GP da Espanha; 




Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário