Bottas faz o 'dever de casa' crava a pole position e comanda dobradinha da Mercedes para o GP do Sakhir


E Valtteri Bottas neste sábado em Sakhir fez a sua obrigação como líder da equipe Mercedes, enquanto seu companheiro de equipe, Lewis Hamilton está se recuperando da COVID-19, e cravou a pole position porém foi apenas 0,026s mais rápido que George Russell que substitui seu compatriota neste fim de semana.

Russell que praticamente não conhece o carro direito ainda, mostrou o porque merece ir para a Mercedes, quando tiver vaga disponível, após liderar as duas primeiras sessões de treinos livres, conseguiu no treino classificatório ainda fazer frente ao finlandês que tem todo o conhecimento do carro além é claro de ajudar a equipe Mercedes fechar mais uma fez a primeira fila. Russell que pela primeira vez na F1 é derrotado por um companheiro de equipe na classificação, foi um total de 36 sessões largando à frente dos seus companheiros de equipes. 

O terceiro lugar ficou com ele, Max Verstappen da Red Bull que foi ao limite e conseguiu ficar à 0,056s do tempo da Pole e à 0,030s de Russell, além disso ele avisou que irá partir para o ataque desde a largada então as Mercedes que se cuidem pois à um adversário de peso para este domingo. 

O quarto melhor tempo foi supreendentemente de uma Ferrari, Charles Leclerc literalmente tirou leite de pedra nesta sábado e conquistou um excelente resultado para a equipe de Maranello. Sebastian Vettel que tem apenas duas corrida para fazer pela equipe, largará amanhã na décima terceira colocação atrás de Alexander Albon da Red Bull. 

Sergio Perez da Racing Point, teve um déjà vu neste sábado, ao cravar o quinto tempo, ele que na última corrida também no Bahrain, largou na quinta colocação e caso não tivesse tido problemas com o motor teria conquistado seu segundo pódio no Bahrain. Logo atrás do mexicano tivemos Daniil Kvyat da Alpha Tauri que marcou o sexto tempo, seu melhor resultado desde o GP do Azerbaijão de 2019. 

O carro com o motor Renault mais bem colocado foi o bólido de Daniel Ricciardo seguido por Carlos Sainz que também utiliza o motor Renault em sua Mclaren. 

Pierre Gasly da Alpha Tauri e Lance Stroll da Racing Point completaram o top 10. 

No final da tabela tivemos Jack Aitken da Williams mandando muito bem ao cravar o 18º tempo  e ficar à 0,1s de Nicholas Latifi que foi o 17º e já tem total conhecimento do carro, logo atrás tivemos Kimi Raikkonen da Alfa Romeo seguido por Pietro Fittipaldi da Haas que ficou com o último tempo, porém não tinha muito o que fazer já ele recebeu penalidades algumas trocas de peças do motor. 


Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário