Hamilton vence GP do Bahrain interrompido por grave acidente de Grosjean



E pela 95ª vez deu Lewis Hamilton, o mais novo heptacampeão mundial, conquistou neste domingo de maneira tranquila mais uma vitória na F1, sendo a sua 11ª vitória nesta temporada.

A Red Bull que tem sido a segunda força nesta temporada junto de Max Verstappen, conseguiram mais um segundo lugar, mas desta vez tivemos uma grande surpresa, Alexander Albon também conseguiu ir ao pódio, com isso a equipe dos energéticos teve seus dois bólidos no pódio algo que não acontecia desde o GP do Japão de 2017.

Mas neste domingo diferente de qualquer outro neste ano, tivemos uma largada que deu o que falar, pois Romain Grosjean da equipe Haas acabou ainda na curva 3 indo parar no guard-rail, porém da pior forma possível, viu seu bólido partir ao meio pegando fogo além do mesmo ter ficado no meio do guard-rail enquanto pegava fogo, porém graças a sua reação rápida em sair logo do cockpit o francês conseguiu evitar queimaduras piores das que acabou tendo. O piloto da Haas logo foi levado de helicóptero para um hospital para verem se ele teve mais algum problema além das leves queimaduras. E devido a destruição do guard-rail e do cuidado do piloto, a bandeira vermelha ficou por cerca de 1h 20 minutos ativada até que a relargada fosse dada novamente. 

E logo após o reinício da corrida ainda tivemos outro acidente, entre Lance Stroll da Racing Point e Daniil Kvyat, já que o piloto russo acabou tocando no carro do jovem canadense fazendo o mesmo ficar de cabeça para baixo, com isso Stroll abandou a prova enquanto Kvyat recebeu uma punição dos comissários. 

Além dos acidentes durante a corrida, ainda tivemos um final de dar aperto no coração, quando Sergio Perez da Racing Point, que pode não estar no grid da próxima temporada, vinha para conquistar o segundo pódio seguido, viu o motor de seu carro apresentar problemas à 3 voltas do fim com isso Albon que vinha em quarto foi quem mais se beneficiou e com isso garantiu um lugar ao pódio.

Quem também se beneficiou muito do abandono de Perez, foi a equipe Mclaren, que viu Lando Norris chegar em quarto e Carlos Sainz chegar num excelente quinto lugar após ter largado na décima quinta colocação à 0,4s do seu companheiro de equipe. E com isso a equipe assumi agora o terceiro lugar no campeonato de construtores com 17 pontos de vantagem sob a Racing Point. 

Pierre Gasly da Alpha Tauri fez mais uma de sua ótimas corridas e terminou na sexta colocação, à frente de Daniel Ricciardo da Renault que contou com a sorte para chegar na sétima colocação já que graças ao abandono de Sergio Perez, as últimas 3 voltas foram com o safetycar na pista, pois o australiano tinha um furo no pneu e tinha logo atrás pronto para supera-lo Valtteri Bottas da Mercedes. 

O segundo piloto da Mercedes, Valtteri Bottas que terminou na oitava colocação teve uma corrida nada boa, pois desde a largada quando caiu de segundo para sexto não conseguiu ter um ritmo forte e com isso amargou um simples oitavo lugar, para um piloto que guiar o carro mais rápido da temporada. 

Esteban Ocon da Renault e Charles Leclerc da Ferrari completaram o top 10. 




Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário