Hamilton vence em Imola e Mercedes conquista pela sétima vez consecutiva o mundial de construtores



E neste domingo no circuito de San Marino, em Imola, Lewis Hamilton garantiu mais um vitória em seu currículo fazendo uma estratégia diferenciada para superar seu companheiro de equipe. Além disso Hamilton pode ser campeão já na próxima corrida na Turquia, ele conquistando o ponto extra da volta rápida e terminando ou em quarto ou em terceiro lugar ele já se tornará o campeão desta temporada de 2020 da F1.

Lewis Hamilton não teve vida fácil ainda na largada viu Max Verstappen da Red Bull tomar a segunda colocação e com isso ficou atrás do holandês até as paradas nos boxes começarem, e foi ai que o inglês pediu para a equipe deixa-lo na pista na intenção de ultrapassar Verstappen e Bottas nos boxes, e ai foi quando a sorte de campeão apareceu, na volta 30 o 'safetycar virtual' foi acionando por causa de Esteban Ocon da Renault que teve problemas no carro e precisou abandonar a corrida, e neste momento Hamilton que liderava a corrida com cerca de 27s foi para os boxes e de maneira certeira retornou para a pista como o novo líder da corrida e dai em diante permaneceu, mesmo o 'safetycar' tendo que ir para a pista na parte final da corrida já que Verstappen que havia superado na pista Bottas, acabou tendo pneu estourado e foi parar na brita,  além de George Russell da Williams que tinha tudo para pontuar acabou errando quando estava atrás do safetycar e bateu no muro. Bottas até entrou antes de Hamilton no boxes durante o 'safetycar' mas não foi capaz de mesmo com está chance de superar o inglês que garantiu a sua vitória 93. 

Para Valtteri Bottas restou apenas a segunda colocação já que após ter mudado do composto médio para o duro acabou não tendo mais o mesmo rendimento do início da prova, e terminou a quase 6s atrás de Hamilton. 

Sem Max Verstappen para fechar o pódio, tivemos novamente o australiano da Renault, Daniel Ricciardo, dando um show de pilotagem e assim conquistando mais um pódio para a equipe francesa, além de ele ter conquistados pontos importantes que fizeram a equipe subir para a terceira colocação no mundial de construtores ficando à um ponto da quarta colocada Mclaren.

A Alpha Tauri que viu Pierre Gasly largar na quarta colocação mas ter que abandonar a corrida com problemas no seu bólido, não ficou na mão, pois Daniil Kvyat foi capaz de aproveitar muito bem as confusões que tivemos na pista e assim cruzar a linha de chegada na quarta colocação à frente de Charles Leclerc da Ferrari. 

Sergio Perez da Racing Point que até o momento não tem um assento garantido para a próxima temporada, fez uma boa corrida de recuperação largando da décima primeira colocação e chegando em sexto, além de ter terminado a corrida colocando pressão na Ferrari de Charles Leclerc. 

Fechando o top 10 tivemos a Mclaren com Carlos Sainz em sétimo e Lando Norris em oitavo e a nona e décima colocação ficou com a dupla da Alfa Romeo com Raikkonen à frente de Giovinazzi, eles que nesta semana foram anunciados que permaneceram na equipe para a próxima temporada.

Sem George Russell para pontuar para a Williams, novamente a equipe bateu na trave, já que Nicholas Latifi conseguiu terminar em décimo primeiro à frente de Sebastian Vettel da Ferrari. 

Alexander Albon da Red Bull pode ter assinado a sua dispensa da equipe neste domingo, quando nas voltas finais vinha disputando posição com Sergio Perez, acabou na saída da curva 3 perdendo a traseira do carro e assim foi para a grama, e cruzou a linha de chegada na última colocação. 





Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário