De maneira espetacular Hamilton vence o GP da Turquia e se iguala a Schumacher ao conquistar o 7º título mundial



E o script da corrida deste domingo na Turquia, não poderia ter sido melhor para Lewis Hamilton da Mercedes, que desde os treinos livres e o treino classificatório mostrou que não seria o piloto mais rápido da pista , mas como diz o ditado 'Nem sempre o mais rápido vence' e foi o que aconteceu com isso Hamilton chegou a sua 94ª vitória e se igualou a Michael Schumacher em número de títulos mundiais um total de 7 títulos.

O inglês fez uma corrida sensacional mesmo na primeira volta tendo largado de sexto e pulado para terceiro e algumas curvas depois cometido um erro que fez com que ele voltasse para o sexto lugar, ele em nenhum momento jogou a toalha, passou boa parte da corrida entre o quinto e o sexto lugar, mas quando a pista começou a secar um pouco ele foi capaz de administrar o seus pneus para assim fazer um único pit stop, e com essa estratégia ele foi ganhando posições e na volta 37 partiu para cima do até então líder da corrida Sergio Perez da Racing Point, que também optou pela mesma estratégia do inglês, e neste momento Hamilton assumiu com tranquilidade a liderança da prova e volta a pós volta foi só aumentando a vantagem para o piloto mexicano até cruzar a linha de chegada na primeira colocação seguido por Perez que fez uma corrida impecável também. 

A terceira colocação tivemos briga até as últimas curvas que teve Sergio Perez, Charles Leclerc e Sebastian Vettel, porém quem levou a pior foi o piloto monegasco que até então estava na terceira posição porém quando tentou atacar Perez para assumir a segunda colocação nas curvas finais acabou cometendo um erro que fez assim com que não só o piloto mexicano lhe desse o troco mas também com que seu companheiro de equipe, Sebastian Vettel, o supera-se e ficasse com um lugar no pódio com isso Leclerc acabou terminando na quarta colocação com seu futuro companheiro de equipe, Carlos Sainz atual piloto da Mclaren, logo atrás. Vettel que chegou ao seu primeiro pódio desta temporada.

 A sexta e a sétima colocação ficou com a dupla da Red Bull que de fato eram os favoritos para estarem no pódio após o bom desempenho que tiveram nos treinos, mas na corrida tudo mudou, Max Verstappen que ontem já havia ficado desolado ao não conquistar a pole position e ter que largar em P2, acabou não fazendo um largada boa e com isso perdeu várias posições e para piorar mais ainda sua situação ele acabou rodando algumas vezes durante a corrida além também de ter feito 3 pit stop o que fez com que ele praticamente não tivesse chance alguma de brigar por pódio e muito menos por vitória, e desta maneira o grande favorito do fim de semana acabou terminando numa sexta colocação que poucos imaginavam. Alexander Albon por sua vez também não teve um desempenho forte e mesmo com Verstappen fazendo uma parada a mais que ele , conseguiu ainda ultrapassa-lo na pista e assim o jovem tailandês terminou em sétimo lugar.

A Mclaren assim como a Ferrari  que não teve um bom treino classificatório e ainda viu um de seus pilotos ganhar uma punição, como foi o caso de Lando Norris, viu a sua dupla se recuperar durante a corrida e  terminar na zona de pontuação, Sainz que largou em décimo quinto terminou na quinta posição, e Lando Norris que largou em décimo quarto concluiu a corrida na oitava posição garantindo assim pontos importantes para a equipe em mais uma corrida. 

O pole position Lance Stroll que chegou a liderar uma boa parte da corrida até a volta 36, acabou não sabendo a administrar o seus pneus e com isso precisou fazer um pitstop a mais que o seu companheiro de equipe, porém o fator chave foi os pneus pois mesmo com outra parada o canadense acabou perdendo rendimento volta a pós volta e terminou apenas na nona colocação.

A equipe Renault bem diferente da Ferrari e da Mclaren, viu seus dois pilotos largaram no top 10, com Daniel Ricciardo em quinto e Esteban Ocon em sétimo, porém na largada a boa situação da equipe foi por água abaixo, pois Daniel Ricciardo e Esteban Ocon que fizeram uma boa largada quase assumiram a terceira e a quarta colocação ainda na primeira curva porém o piloto australiano que na tentativa de desviar de Hamilton que vinha por dentro, acabou tocando levemente em Ocon que estava pelo lado de fora da curva e isso fez com que o piloto francês rodasse já na primeira curva, mas não foi só ele , Bottas que vinha logo atrás na tentativa de desviar acabou travando os pneus e rodando também. Com isso Ricciardo terminou na décima posição enquanto Ocon que precisou se recuperar durante a corrida ficou com a décima primeira colocação. Bottas que havia caindo para as últimas posição junto de Ocon, terminou apenas na décima quarta colocação. 

E apenas três pilotos não terminaram a corrida que foram Antonio Giovinazzi, Romain Grojean e Nicholas Latifi. 

O próximo GP acontece daqui duas semanas no Bahrain em 26 a 29 de novembro.

Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário