Bottas bate Hamilton e lidera última sessão de treinos livres em Portugal


E na última sessão de treinos livres tivemos novamente Valtteri Bottas na ponta da tabela de tempos porém diferente das outras duas sessões, dessa vez ele viu seu companheiro de equipe, Lewis Hamilton, ficar bem mais próximo tendo sido apenas  0,026s mais lento que o finlandês e que assim garantiu mais uma dobradinha da equipe Mercedes. 

Max Verstappen como de costume ficou com o terceiro melhor tempo da sessão a um pouco mais de 0,1s de diferença para os tempos feitos por Bottas e Hamilton, o que deixa um pouco a torcida animada já que quem sabe ele possa ao menos no treino classificatório fazer frente as Mercedes.

E nesta última sessão também contamos com uma bandeira vermelha na parte final, graças a uma tampa do sistema de drenagem da pista que acabou se soltando e indo parar no meio do traçado, porém não causou estrago a nenhum carro ou piloto. 

Pierre Gasly da Alpha Tauri, que viu seu bólido pegar fogo na segunda sessão de treinos livres, se recuperou nesta última sessão e foi capaz de marcar um impressionante quarto lugar ficando entre os dois carros da Red Bull, sendo capaz de ficar apenas 0,1s de Verstappen e quase à 0,2s mias rápido que Alexander Albon que marcou o quinto tempo.

O sexto melhor tempo da sessão ficou com Charles Leclerc da Ferrari, que desde ontem (23) tem sido constante em estar no top 10, ele que chegou a rodar na curva 14, porém sem muitos problemas conseguiu retornar a pista tranquilamente. Enquanto isso Sebastian Vettel ficou com o décimo primeiro lugar, sendo ficado à apenas 0,019s de ficar no top 10. O alemão que foi quem soltou a tapa do ralo ao passar pela curva 14.

A Mclaren por sua vez também manteve o ritmo bom com seus dois carros para figurarem no top 10, com Carlos Sainz em sétimo e Lando Norris em nono. O espanhol que ganhou um novo motor, turbo e MGU-H para está etapa. Sergio Perez da Racing Point conseguiu se colocar entre os bólidos laranja e terminou com o oitavo tempo. 

A sessão para a equipe francesa, Renault, não foi a das melhores novamente, isso porque mesmo Esteban Ocon tendo marcado o décimo tempo, eles viram Daniel Ricciardo sofrer com um problema no DRS o que fez com que ele ficasse apenas com o décimo quarto tempo, ele que até retornou para a pista no final para melhor seu tempo mas graças a bandeira vermelha acabou não tendo essa chance. 


Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário