Sem dobradinha da Mercedes, Bottas lidera ultima sessão de treinos livres e Mclaren tem seus dois carros no top 3


E a última sessão de treinos livres do GP da Itália foi tivemos muitas surpresas nas primeira colocações, a primeira foi que não tivemos uma dobradinha da Mercedes, porém ainda assim tivemos uma na primeira colocação, que foi Valtteri Bottas enquanto Lewis Hamilton acabou ficando com o quinto melhor tempo da sessão.

A Mclaren surpreendeu demais ao ter seus dois bólidos no top 3, com Carlos Sainz em segundo e Lando Norris em terceiro seguidos pelo australiano da Renault, Daniel Ricciardo que ficou com o quarto tempo, porém terminou o treino de uma maneira bem ruim, com problemas mecânicos logo após marcar sua volta rápida, e com isso a bandeira vermelha foi acionada. Aparentemente o problema de Ricciardo pode ter sido de uma falha na bomba de combustível. 

Max Verstappen e Alexander Albon da Red Bull, nesta última sessão andaram próximos com o jovem holandês marcando o sexto tempo enquanto o jovem tailandês ficou logo atrás com o sétimo tempo a menos de 0,1s de diferença. 

Esteban Ocon colocou o outro bólido da Renault no top 10, mostrando assim que a equipe francesa tem tudo para ter um ótimo treino classificatório neste sábado. 

Completando o top 10, tivemos a dupla da Racing Point, com Lance Stroll em nono e Sergio Perez em décimo. 

Tentando beliscar um top 10 novamente, na décima primeira posição tivemos Charles Leclerc da Ferrari, que ficou apenas à 0,020s de superar Sergio Perez e ficar com o dez tempo. Sebastian Vettel por sua vez marcou apenas o décimo quinto tempo ficando cerca de 0,3s de consguir entrar no top 10. 

Assim como em Spa-francorchamps e sem nenhuma novidade, os carros com motor Ferrari são os que tem mais sofrido neste circuito.


Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário