Hamilton voa baixo em Sochi, quebra recorde da pista e garante a sua pole 96



Neste sábado o inglês, da Mercedes , Lewis Hamilton, deu o primeiro passo para tentar nesse fim de semana se igualar ao maior vencedor da F1 , Michael Schumacher com 91 vitórias , já que pela 96ª vez ele largará na pole position, só que desta vez ele foi nada mais nada menos que meio segundo mais rápido que o segundo colocado que foi Max Verstappen da Red Bull. Mas o treino classificatório de Hamilton não foi tão tranquilo, já que durante o Q2 ele por muito pouco não conseguiu abrir sua volta rápida quando o tempo estava para terminar e o que faria ele ficar ao Q1, mas o inglês conseguiu passar no 'fio da navalha' e abrir assim a sua volta rápida, que o possibilitou de ir para o Q3. 

Max Verstappen da Red Bull mais uma vez mostrou o seu talento, ao conseguir no fim do Q3, superar a Mercedes Valtteri Bottas que mesmo tendo um excelente carro acabou deixando a desejar e ficou apenas o terceiro melhor tempo. 

O quarto tempo ficou com Sergio Perez da Racing Point, que confirmou o seu bom desempenho que ele vinha tendo durante os treinos livres, enquanto isso seu companheiro de equipe, Lance Stroll ficou apenas o décimo terceiro tempo. 

Os carros movidos a motor Renault, ficaram misturados entre a quinta e oitava posição, com isso tivemos Daniel Ricciardo da Renault em quinta seguido por Carlos Sainz da Mclaren em sexto, enquanto Esteban Ocon companheiro de equipe de Ricciardo foi o sétimo seguido então por Lando Norris da Mclaren. 

Pierre Gasly da Alpha Tauri ficou com o nono tempo, já o seu companheiro de equipe e piloto da casa, Daniil Kvyat , ficou com o décimo segundo tempo. 

Completando o top 10 tivemos Alexander Albon da Red Bull, que foi nada mais nada menos que 1,2s mais lento que Verstappen.  O tailandês que devido a troca da caixa de câmbio vai largar na décima quinta colocação, com isso Charles Leclerc da Ferrari se alinhará no grid na décima posição. Quem também precisou trocar a caixa de câmbio, mas não vai afetar ele em nada, é Nicholas Latifi da Williams que caiu de décimo nono para vigésimo. 

Sebastian Vettel da Ferrari terminou o treino classificatório da pior forma, acabou na curva 4 perdendo a traseira do carro e com isso para a barreira de pneu, chegando a trazer a bandeira vermelha no fim do Q2 que quase fez com que Hamilton não conseguisse abrir a sua volta rápida. 




Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário