Kubica surpreende e abre segunda semana de testes em Barcelona com pé direito


Robert Kubica foi o nome desta quarta-feira (26) em Barcelona. O polonês que nesta temporada será piloto reserva da Alfa Romeo, cravou o melhor tempo do dia ainda na parte da manhã com 1min16.942s utilizando o composto mais macio (C5).

A sessão de hoje que contou com um total de 19 pilotos, os únicos a não pilotarem hoje foram Antonio Giovinazzi da Alfa Romeo e Kevin Magnussen da Haas.

Max Verstappen da Red Bull ficou com o segundo tempo do dia porém diferente de Kubica, ele utilizou o composto C3 para fazer a sua melhor volta. Sergio Perez da Racing Point, veio logo atrás com o terceiro tempo, mostrando assim a boa forma do RP20 que nesta pré-temporada muitos dizem ser uma cópia do W10 da Mercedes na cor rosa.

A dupla da Alpha Tauri ficaram com o quarto e quinto tempo com Daniil Kvyat à frente de Pierre Gasly . Alexander Albon da Red Bull que guiou o RB16 na parte da manhã veio logo atrás das Alpha Tauri, terminando o dia com o sexto tempo. 

Entretanto tanto a Red Bull quanto a Alpha Tauri não terminaram o dia muito felizes, já que viram nos minutos finais da sessão, Max Verstappe e Daniil Kvyat abandonarem a sessão causando bandeira vermelha. Segundo as informações os problemas enfrentados pelo RB16 e pelo AT01 não tem nenhuma relação. 

Lewis Hamilton que guiou o W11 na parte da manhã, utilizou os pneus médios (C2) para completar um total de 89 voltas e marcar o sétimo tempo seguido por Lance Stroll da Racing Point, que terminou o dia com o oitavo tempo mesmo tendo utilizado os mesmos compostos de seu companheiro. 

O finlandês da Mercedes, Valtteri Bottas que assumiu o volante do W11 na parte da tarde, completou 90 voltas, uma a mais que Hamilton, e utilizou o composto macio (C3) para marcar o nono tempo. Sebastian Vettel que veio logo atrás com o décimo tempo, acabou rodando precocemente na curva 8 levando sujeira para a pista, fazendo assim que a bandeirada vermelha fosse acionada.

Quem também teve problemas, foi Nicholas Latifi da Williams que marcou o décimo quarto tempo e que durante a parte da manhã viu o FW43 sofrer com um problema de vazamento de óleo e isso fez com que o piloto canadense perdesse um tempo importantíssimo já que George Russell assumiu o comando do bólido na parte da tarde, mas ficou com o décimo quinto tempo atrás do canadense. 



Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário