Verstappen marca a pole position para o GP do Brasil


E o pole position de 2019 no GP do Brasil é dele, o menino prodígio da Red Bull, Max Verstappen , que durante o último treino livre onde havia ficado atrás de Lewis Hamilton, já mostrava que iria brigar para valer por essa pole position, e dito e feito não só brigou mas a conquistou , garantindo assim a sua segunda pole na carreira e nesta temporada. 

Com está pole position de Verstappen a fornecedora de motores da Red Bull, a Honda , quebra um jejum que durava desde 1991 , quando Senna foi pole position de Mclaren-Honda, tendo sido até então a última vez que os japoneses tiveram um carro com seu motor na pole  do GP do Brasil.

A Ferrari que durante todo esse fim de semana mostrou ter um carro perfeito para uma volta lançada acabou tendo Sebastian Vettel marcando o segundo melhor tempo à 0,1s de Verstappen , e Charles Leclerc marcando o quarto tempo sendo cerca de 0,2s mais lento que o holandês. 

O monegasco da Ferrari, Charles Leclerc, que mesmo tendo feito o quarto tempo, irá largar na décima quarta colocação, por causa das alteações que foram feitas no motor para está etapa, desda maneira alguns pilotos ganharam uma posição no grid de largada do GP do Brasil. 

A Mercedes que não sabe o que é ver um de seus dois pilotos largar na pole desde o GP da Alemanha, novamente estiveram um pouco distantes de conquistarem, já que Lewis Hamilton que ficou com o terceiro melhor tempo foi quase 0,2s mais lento que o tempo da pole position enquanto o vencedor do último GP em Austin, Valtteri Bottas, ficou com o quinto tempo quase 0,4s mais lento, mostrando assim que de fato nesta segunda metade da temporada a Mercedes não tem o carro mais veloz para a classificação, entretanto para a corrida sabemos muito bem que a equipe tem um ritmo muito forte e deverá brigar pela vitória neste domingo. 

Como já tem virado costume, Alexander Albon da Red Bull, ficou com o sexto melhor tempo da sessão sendo 0,4s mais lento que seu companheiro de equipe. PIerre Gasly ex-Red Bull e agora titular da Toro Rosso ficou com o sétimo tempo, sendo o melhor do resto. 

A equipe que teve muito que comemorar neste sábado em Interlagos, é a equipe Haas, que viu seus dois carros irem ao Q3, com Romain Grosjean em oitavo e Kevin Magnussen em décimo. O piloto francês até então estava sempre atrás de seu companheiro de equipe, e com uma diferença muito grande, porém na hora 'H' , parece que a situação mudou e ele conseguiu ser o mais rápido. 

O 'Homem de Gelo' , Kimi Raikkonen conseguiu por a Alfa Romeo no Q3 e marcar o nono tempo.

A maior vencedora do GP Brasil, a Mclaren, não teve treino classificatório bom, já que Lando Norris ficou com o décimo primeiro tempo e Carlos Sainz ainda no início do Q1 acabou sendo pego de surpresa com um problema no motor de seu carro e assim ficou sem marcar tempo e assim irá largar na última colocação.


Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário