Renault é desclassificada do GP do Japão por protesto da Racing Point



E nesta última quarta-feira (23) foi anunciado que a equipe Renault, foi desclassificada do resultado do GP do Japão, devido a utilização de um sistema automatizado para freios, fazendo assim com que seus pilotos não precisassem ficar toda hora regulando o balanceamento dos freios o que é ilegal. Com isso a equipe perde os pontos que Daniel Ricciardo e Nico Hulkenberg conquistaram com o sexto e o décimo lugar respectivamente. 

A equipe Racing Point, foi quem fez o protesto e chegou a afirmar que era possível ver pela câmera onboard dos dois carros da Renault, o momento em que o sistema entrava em ação sem que os pilotos apertassem qualquer botão no volante. 

Segundo a FIA o sistema não viola o regulamento técnico da F1, porém viola o regulamento esportivo da categoria , em relação a auxílios aos pilotos. 

Com está decisão Lance Stroll da Racing Point e Daniil Kvyat da Toro Rosso, entram no top 10, com o nono e déicmo lugar respectivamente, além disso Charles Leclerc, Pierre Gasly e Sergio Perez, ganham posições também. Entretanto a Renault tem o direito de recorrer porém será difícil de conseguirem reverter essa situação. 

Com tal exclusão da Renault neste resultado do GP do Japão, as rivais Toro Rosso e Racing Point se aproximam mais ainda da equipe francesa pela briga do quinto lugar dos construtores, enquanto a Mclaren fica mais tranquila e garantida com o quarto lugar no campeonato de construtores.

Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário