Leclerc segura Hamilton no final e vence GP da Bélgica


Charles Leclerc que simplesmente confirmou seu favortismo neste fim de semana na Bélgica e conquistou a sua primeira vitória, a qual dedicou ao seu amigo Anthonie Hubert que veio a falecer na primeira corrida da F2 em Spa-francorchamps quando se envolveu num terrível acidente.

O piloto monegasco que largou na pole position assim como no Bahrain e na Áustria, desta vez conseguiu ter um final feliz, porém precisou contar com a ajuda de seu companheiro de equipe, Sebastian Vettel, para que a estratégia da Mercedes, não desse certo com Lewis Hamilton. Vettel sem chance alguma de brigar pela vitória , tentou atrasar o inglês da Mercedes, que por sua vez perdeu um tempo precioso, pois terminou a corrida na cola de Leclerc que já vinha tendo problemas de desgaste de pneus e certamente uma volta a mais na corrida seria o suficiente para que o Hamilton o supera-se.

A Mercedes acabou não conseguindo vencer porém novamente teve seus dois carros no pódio já que com o sacrifício que a Ferrari fez com Vettel, deu a chance de Valtteri Bottas o superar e terminando a corrida na terceira posição enquanto o alemão terminou na quarta posição.

Alexander Albon que estreou pela Red Bull neste fim de semana teve uma bela atuação, após largar na penúltima fila conseguiu terminar numa bela quinta posição enquanto seu companheiro de equipe Max Verstappen, fez uma barbeiragem na primeira curva ao se tocar com Kimi Raikkonen , e acabar quebrando a sua suspensão , o que, o fez passar reto na eau rouge e abandonar a corrida precocemente.

O sexto lugar ficou com Sergio Perez que teve boa atuação  etambém e mostrou o bom rendimento da equipe Racing Point que trouxe atualizações importantíssimas para o início desta segunda metade da temporada, seu companheiro de equipe, Lance Stroll terminou na décima posição ajudando a equipe a pontuar com os dois carros.

Outrra dupla que também se deu muito bem durante a corrida foi a da Toro Rosso com Daniil Kvyat em sétimo e Pierre Gasly, em nono. O piloto francês que assim como Leclerc era bem próximo de Hubert e antes da corrida estava bem emocionado com a perda.

Nico Hulkenberg que não guiará pela Renault na próxima temporada salvou o fim de semana da equipe ao terminar na oitava posição enquanto Daniel Ricciardo foi apenas o décimo quarto.

O momento mais frustrante da corrida foi o abandono de Lando Norris da Mclaren na última volta, isso porque o inglês vinha na quinta posição e iria conquistar seu melhor resultado na categoria porém um problema no motor o impediu que isso acontecesse faltando apenas 1 volta para o fim.

Antonio Giovinazzi também foi outro piloto que acabou abandonando a corrida nos momentos finais, quando ocupava a oitava posição e bateu forte o carro na última volta.

Durante a corrida quando se atingiu o número de 19 voltas completadas, foi feita uma homenagem ao jovem piloto, Anthonie Hubert , que utilizava o número 19 em seu carro da F2,  todos os fãs que estavam no circuito, ficaram de pé e aplaudiram.



Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário