Leclerc lidera primeiro treino livre na Rússia, mas vê Verstappen ficar apenas à 0,082s atrás



E no início das atividades do GP de Sochi, Charles Leclerc foi quem começou com o pé direito, marcando o melhor tempo da sessão sendo 0,5s mais rápido que seu companheiro de equipe,o alemão, Sebastian Vettel, que ficou com o terceiro tempo. 

No meio dos dois carros da Ferrari, tivemos Max Verstappen da Red Bull que ficou com o segundo tempo e ficou à 0,082s do tempo marcado pelo jovem monegasco. O holandês assim como seu companheiro de equipe , Alexander foi marcou o sexto tempo e Pierre Gasly da Toro Rosso que foi o décimo segundo tempo nesta primeira sessão, perderá cinco posições no grid do GP da Rússia devido a uma atualização da Honda no ICE (motor de combustão interno). O pior ficou para Daniil Kvyat da Toro Rosso que irá largar no fundo do grid devido as várias trocas que fizeram em seu motor.

A Mercedes que venceu todos os GP da Rússia em Sochi desde de 2014, ficaram com o quarto e quinto tempo com Valtteri Bottas à frente de Lewis Hamilton, entretanto ambos utilizaram os pneus médios para marcarem seus melhores tempos contra os macios dos rivais que ficaram à frente, o que já pode preocupar a Ferrari e a Red Bull.

Nico Hulkenberg e Daniel Ricciardo que assim como fizeram em Singapura, começaram as atividades muito bem, sendo os melhores do resto, dando assim por hora a Renault, o status de quarta força. O alemão que foi cerca de 0,6s mais rápido que o australiano.

O top 10 foi completado por Sergio Perez da Racing Point e Romain Grosjean da Haas em décimo.

A Mclaren por sua vez ficou de fora do top 10, pois Carlos Sainz que marcou o décimo primeiro com os pneus médios enquanto Lando Norris que foi o décimo sexto utilizou o composto duro.









Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário