Ferrari erra na estratégia, Vettel abandona e Hamilton vence o GP da Rússia



E neste domingo a Ferrari parecia estar pronta para acabar com a hegemonia da Mercedes na Rússia, porém tudo mudou em questão de segundos e a corrida acabou caindo no colo de Lewis Hamilton que garantiu a sua vitória de número 82, sendo a quarta vitória no circuito de Sochi.

A Ferrari para tentar acabar com a hegemonia da Mercedes no circuito de Sochi tiveram uma grande ideia para a largada, que foi Sebastian Vettel utilizar o vácuo de Charles Leclerc que havia largado na pole position, desta maneira em questões de metros a equipe italiana já tinha seus dois carros na primeira e segunda colocação, com Sebastian Vettel assumindo a ponta da corrida, seguido de seu companheiro de equipe. 

Entretanto tal movimento fazia parte de um combinado o qual Sebastian Vettel teria que ceder a sua posição para Charles Leclerc, porém isso não aconteceu na pista e acabou gerando um clima ruim naquele momento m, e a equipe precisou intervir e fazer este combinado valer, por meio do Pit Stop, chamando Leclerc,  para fazer o pit stop primeiro enquanto Vettel permaneceu na pista por algumas voltas, que foi o suficiente para acontecer o 'undercute', já que o alemão tinha uma boa diferença para seu companheiro de equipe.

E quando tudo já estava arrumado com Leclerc à frente de Vettel, a Ferrari foi surpreendida com uma falha no motor do piloto alemão que acabou abandonando a prova e acionando o 'Safetycar Virtual', e neste momento as duas Mercedes que ainda não haviam parado lideravam a prova, e com isso Lewis Hamilton imediatamente foi para os boxes para fazer seu pito stop colocando os pneus macios e saindo a frente de Charles Leclerc, que por sua vez tinha Valtteri Bottas na cola. 

Não demorou muito para que tudo piorasse mais ainda para a Ferrari, pois George Russell da Williams acabou batendo e foi necessário a entrada do Safetycar, nesse momento Charles leclerc que tava na segunda posição foi chamado aos box para trocar os seus pneus médios pelos pneus macios, os quais os dois carros da Mercedes estavam utilizando, porém com essa parada Valtteri Bottas  automaticamente pulou para a segunda colocação, e daí em diante não aconteceu praticamente nada entre os três primeiros colocados, Leclerc tentou precionar Bottas porém nada além disso e assim a vitória que parecia estar garantida para Ferrari neste fim de semana caiu no colo da Mercedes que manteve a sua hegemonia na Rússia e conquistou uma dobradinha, algo que não ocorria desde o GP da Inglaterra. 

Leclerc até tentou brigar pela volta mais rápida da corrida, mas acabou vendo Hamilton também ficar com essa conquista. 

O quarto colocado foi Max Verstappen da Red Bull que terminou na posição que era o máximo que poderia conseguir hoje seguido pelo seu companheiro de equipe, Alexander Albon, que havia largado dos boxes e conseguiu fazer uma bela corrida de recuperação e terminar na quinta posição. 

A equipe Mclaren que tem tudo para terminar como a quarta força desta temporada, teve uma boa corrida, com Carlos Sainz terminando em sexto lugar e Lando Norris terminar em oitavo. O espanhol que chegou na largada superar Bottas e até ficar lado a lado com Hamilton. 

Sérgio Perez da Racing Point conseguiu conquistar alguns pontos para a equipe, ao terminar na sétima posição. 

Quem tambem completou o top 10, foi Kevin Magnussen da Haas e Nico Hulkenberg da Renault.


Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário