Hamilton quebra recorde da pista e lidera último treino livre na Hungria


A última sessão de treinos do GP da Hungria foi acabou sendo atrasada em dez minutos, por causa de um estouro de motor na F2 que acabou jorrando óleo no asfalto.

Tendo apenas 40 minutos de atividade no total, esse treino foi mais animador, e vimos Lewis Hamilton pisar fundo e quebrar o recorde da pista e ficar com o melhor tempo do fim de semana até o momento, porém o que chamou realmente a atenção foi que Max Verstappen da Red Bull que foi o segundo colocado ficou à apenas 0,013s do tempo do inglês e Sebastian Vettel da Ferrari foi apenas 0,082s mais lento, mostrando assim um grande equilíbrio entre esses três carros, que cada um dominou um setor da pista, desta forma podemos realmente esperar um grande treino classificatório. 

Valtteri Bottas por sua vez não conseguiu acompanhar o seu companheiro de equipe e foi quase 0,3s mais lento que o mesmo e ficou com o quarto melhor tempo seguido por Charles Leclerc da Ferrari que ficou em quinto. 

O sexto melhor tempo ficou com Pierre Gasly da Red Bull que havia liderado ontem (02) a segunda sessão de treinos livres, porém tal resultado só foi possível porque a chuva acabou aparecendo e impossibilitou com que os demais pilotos conseguissem melhorar seus tempos. 

A Mclaren tinha fechado o dia de ontem (02) com resultados não tão promissores , hoje já mudou o cenário pois viu seus dois carros ficarem no top 10 , com Lando Norris na sétima posição à 0,6s do tempo de Hamilton e Carlos Sainz em nono. Entre a dupla tivemos Kimi Raikkonen que marcou o oitavo tempo, e novamente figurou entre os dez melhores com a sua Alfa Romeo 

Kevin Magnussen da equipe Haas completou o top 10 seguido pelo seu companheiro de equipe Romain Grosjean que ficou com o décimo primeiro tempo.


Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário