Hamilton quebra recorde da pista, supera Bottas e crava a pole position em Mônaco, Leclerc sofre com erro da Ferrari e largará na décima sexta posição


E o pentacampeão da Mercedes, Lewis Hamilton, conseguiu cravar em sua última tentativa uma excelente volta que lhe rendeu não só a sua pole position número 85 , mas também o novo recorde da pista de Mônaco.

O inglês que vibrou demais com a conquista, já que para ele era um pouco inesperado conseguir tal feito, mas foi capaz de superar seu companheiro de equipe Valtteri Bottas por 0,086s e assim ficar com a pole.

A Mercedes por sua vez ficou também muito contente com o resultado já que mais uma vez a primeira fila será composta por seus dois carros, e eles tem tudo para atingir amanhã (26) a sexta dobradinha da equipe nesta temporada.

Como era esperado logo atrás das Mercedes, tivemos Max Verstappen da Red Bull que fez um ótimo treino classificatório e vai largar na terceira posição seguido por Sebastian Vettel da Ferrari que foi quase 0,8s mais lento que o pole position, mostrando que a Ferrari está bem longe de brigar pela vitória amanhã.

A Ferrari que além de ver Vettel ficar apenas com o quarto tempo, ainda viu Charles Leclerc , piloto da 'casa', abandonar a sessão ainda no Q1, por um erro da própria equipe, que em vez de manda-lo para pista na parte final do Q1, fez com que o monegasco ficasse nos boxes, assistindo todos aqueles que estavam atrás dele melhorar e supera-lo, e com isso vai largar amanhã apenas na décima sexta posição.

Pierre Gasly da Red Bull ficou com o quinto tempo seguido por Kevin Magnussen da Haas. O francês da Red Bull, que chegou a prejudicar , Grosjean da Haas ao fim do Q2 e por causa disso ainda não é garantido que o mesmo largará na quinta posição. 

Vencedor do GP de Mônaco no ano passado, Daniel Ricciardo, ficou com o sétimo tempo , já que este ano guiando pela Renault, ele não tem o mesmo equipamento bom que tinha no ano passado.

A Toro Rosso mostrou bom desempenho e conseguiu colocar seus dois carros no Q3 com Daniil Kvyat em oitavo e Alexander Albon em décimo. Entre as duas Toro Rosso tivemos Carlos Sainz com a Mclaren que marcou o nono tempo.

O fim da tabela de tempos foi composta pelos mesmos de sempre, George Russell em décimo nono e Robert Kubica em vigésimo.



Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário