Bottas segura Hamilton e vence o GP do Azerbaijão


Valtteri Bottas que largou na pole position, conquistou a sua segunda vitória na temporada ampliando assim o domínio da equipe Mercedes, que até agora tem 100% de aproveitamento , com quatro vitórias em quatro corridas, sem falar que chegaram hoje à sua quarta dobradinha , algo inédito na F1, já que nenhuma outra equipe dominante tinha conseguido fazer quatro dobradinhas nas quatro primeiras corridas do campeonato.

O finlandês não teve la uma vida fácil nesta corrida, para dizer que ele deu um passeio como aconteceu em Melbourne, pois ainda na largada Hamilton ficou lado a lado e tentou ganhar a posição mas não teve sucesso e ainda na primeira volta Bottas conseguiu abrir uma pequena vantagem a qual ele foi aumentando aos poucos durante a corrida, entretanto na parte final viu novamente Hamilton pressiona-lo, mas sem muito sucesso o inglês teve que se contentar com a segunda posição. 

A vitória de Bottas muda também o cenário na briga pelo título pois ele assume novamente a liderança do campeonato com 1 ponto de vantagem sobre Hamilton. Na briga de construtores a Mercedes já abre nada mais nada menos que 74 pontos de vantagem sobre a Ferrari.

Após tudo dar errado no treino classificatório a Ferrari acabou não tendo muito o que comemorar na corrida também, pois Sebastian Vettel que largou na terceira posição terminou a corrida na mesma posição sem ter feito qualquer ameaça as Mercedes, enquanto seu companheiro de equipe, Charles Leclerc, que bateu durante o Q2 e largou na nona posição terminou a corrida na quinta posição e conquistou o ponto da volta mais rápida. 

Entre as duas Ferrari, tivemos Max Verstappen da Red Bull que mais uma vez salvo o fim de semana para a equipe, já que Pierre Gasly que vinha na sexta colocação acabou tendo problema com o motor Honda e precisou abandonar a corrida. 

O melhor do resto foi Sergio Perez, que desta vez não conseguiu subir ao pódio em Baku, mas conquistou um excelente resultado para a Racing Point, além disso o mexicano sou muito bem segurar a pressão da dupla da Mclaren, que terminaram logo atrás com Sainz em sétimo e Norris em oitavo. O jovem inglês da Mclaren, que preferiu fazer mais uma parada nos boxes e tentar ver se conseguia ter um ritmo forte, mas não deu certo pois tanto Perez quanto Sainz continuaram tento um ritmo melhor que o dele mesmo eles utilizando o pneu médio já bem desgastado. 

Lance Stroll também conseguiu garantir uns pontinhos para a Racing Point ao terminar a corrida na nona posição seguido por Kimi Raikkonen da Alfa Romeo que completou o top 10. 

O momento marcante da corrida foi na volta 32, quando Daniel Ricciardo cometeu uma baita barberagem ao passa reto em uma curva que acabou também fazendo Daniil Kvyat passar reto na mesma curva, e quando tudo parecia não ficar pior para ambos os pilotos, o australiano da Renault, acabou dando ré e acertou o carro do russo da Toro Rosso, com isso devido aos danos ambos os pilotos abandonaram a prova. 


Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário