Vettel fica à frente de Hamilton por 0,003s e fecha pré-temporada de 2019 na ponta


E a batalha entre Mercedes e Ferrari em 2019 parece que será bem mais implacável quanto a da última temporada, isso porque hoje (1) no último dia de testes em Barcelona, ambas as equipes deixaram seus pilotos pisarem fundo e com isso vimos Vettel e Hamilton brigarem pela ponta da tabela de tempos, porém o alemão se saiu melhor que o inglês por apenas 0,003s , mostrando pelo menos até aqui que a diferença entre a Mercedes e a Ferrari ainda vai continuar bem pequena como foi em 2018.

Porém o alemão não terminou o dia tão bem quanto esperava, pois mesmo tendo feito o melhor tempo da pré-temporada e completado 110 voltas, ele viu o SF90 sofrer com problemas elétricos, obrigando-o a terminar o dia mais cedo que os demais.

A Mercedes neste último dia de testes resolveu mudar a sua programação e assim permitiu que tanto Bottas quanto Hamilton acelerassem o W10, com isso a equipe viu seus dois carros terminarem os testes em segundo e terceiro lugar, Hamilton que assumiu o W10 na parte da tarde chegou perto de bater o tempo que Vettel marcou na parte da manhã , mas ficou com o segundo tempo enquanto seu companheiro de equipe, que havia marcado tempo na parte da tarde ficou com o terceiro tempo.

Nico Hulkenberg que assumiu hoje o comando do RS19 conseguiu na última hora da sessão marcar o quarto tempo superando assim Daniil Kvyat da Toro Rosso que completou o top 5.

A Mclaren que nos últimos dias chegou a liderar dois dias de testes e ontem (28) ficou com o terceiro tempo, parece ter voltado para sua realidade, pois neste último dia, Carlos Sainz , acabou ficando apenas com o sexto tempo.

A equipe que menos completou voltas hoje foi a Red Bull, o que já era previsto, pois depois do acidente violento que Pierre Gasly teve ontem (28) que destruiu o RB15, a equipe precisou trabalhar muito para reparar o carro e fazer com que Max Verstappen fosse hoje para a pista. O jovem holandês completou 29 voltas e utilizou apenas o composto C3 o que fez com que ele terminasse o dia apenas com o décimo primeiro tempo à frente apenas de Sergio Perez da Racing Point e Robert Kubica da Williams.

Com os testes concluídos agora a F1 se encaminhar para o GP de abertura da temporada de 2019 na Austrália no dia 17 de março.



Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário