Vettel começa com pé direito a pré-temporada de 2019 e Sainz termina o dia com a Mclaren em segundo


 E nesta segunda-feira (18) se deu início as atividades de pré-temporada da F1, com Sebastian Vettel já colocando de cara a Ferrari na ponta da tabela de tempos com uma boa folga, além de ter sido o piloto que mais completou voltas, um total de 169 voltas.

O alemão que guiou o SF90 , cravou ainda na parte da manhã o melhor tempo do dia utilizando o pneu amarelo, e o único problema que ele teve durante o dia foi uma rodada na saída da última chicane,

A segunda posição ficou com o espanhol da Mclaren, Carlos Sainz , que foi cerca de 0,4s mais lento que Vettel, mesmo tendo utilizado o composto super macio (C4) e conseguiu completar 117 voltas mesmo tendo tido um problema técnico quando ia iniciar as atividades na parte da tarde e viu o MCL34 parar na saída do pit lane.

Romain Grosjean cravou o terceiro tempo com a Haas , ele que foi o piloto que mais sofreu neste primeiro dia em Barcelona, o primeiro problema foi quando perdeu a traseira do carro na terceira curva e foi parar na brita, o segundo problema foi com a pressão da gasolina, porém mesmo com esses problemas de hoje o francês completou 65 voltas.

Se alguém teve um dia positivo, esse alguém foi Max Verstappen, que em seu primeiro teste com o motor Honda, conseguiu quebrar a barreira das 100 voltas, completando exatas 128 voltas e marcando o quarto tempo, sendo 1,2s mais lento que Vettel, ele que utilizou o mesmo composto do alemão, o composto macio C3, o que chamou a atenção foi a confiabilidade do motor japonês.

Logo atrás do jovem holandês, tivemos o 'Homem de Gelo', Kimi Raikkonen que ficou com o quinto tempo guiando, seguido por Daniil Kvyat da Toro Rosso.

O primeiro carro movido a motor Mercedes, apareceu na sétima colocação e não foi as flechas de prata, mas sim Sergio Perez da Racing Point que de todos aqueles que foram para a pista , foi o que menos completou voltas, apenas 30 voltas, enquanto logo atrás veio a dupla da Mercedes, com Valtteri Bottas em oitavo e o atual campeão Lewis Hamilton, na nona posição, porém como toda pré-temporada a equipe alemã, preferiu focar nos long-run com o composto médio C2.

A dupla da Renault ficou com os dois últimos tempos, com Nico Hulkenberg em décimo e Daniel Ricciardo em décimo primeiro.

A única equipe a não participar dos testes foi a Williams que já notificou que é improvável que eles consigam colocar o FW42 na pista antes de quarta-feira.

Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário