Hamilton voa baixo em Interlagos, quebra recorde da pista e crava a sua 82ª pole position


E como virou costume nos últimos anos em Interlagos, a pole position, ficou com um carro prateado, que desta vez, foi o de Lewis Hamilton. A quem pensasse que o inglês após conquistar na última corrida no México o título desta temporada tiraria o pé do acelerador, porém Hamilton acelerou com mais força ainda neste sábado (10) em Interlagos e além de ter cravado a sua 82ª pole position, cravou a 100ª pole da equipe Mercedes na F1.

O segundo melhor tempo, não poderia ter sido outro piloto a não ser Sebastian Vettel, que confirmou aquilo que todos esperavam dele, que seria a pedra no sapato da Mercedes, e por alguns instantes na parte final até ameaçou Hamilton, porém acabou ficando à 0,093s do inglês. Mas o que mais chamou a atenção foi que Vettel no final do Q2, quando foi chamado pelos comissários da FIA, para pesarem seu carro, ele não seguiu a regra de desligar o motor e supostamente 'destruiu as balança da FIA', o que o colocou em investigação podendo haver alguma reprímenda .

Os finlandeses por sua vez ficaram atrás de seus companheiros de equipe, porém nesta briga, Valtteri Bottas se saiu melhor que Kimi Raikkonen e vai largar a manhã (11) na terceira posição.

Assim como na última sessão de treinos livres, a Red Bull, a mesma posição no treino classificatório com Max Verstappen cravando o quinto tempo e Daniel Ricciardo o sexto, ambos que foram separados por uma diferença mínima de 0,002s . Mas a situação para Ricciardo é um pouco pior pois como ele teve novas peças para a sua unidade de potencia nesse fim de semana, ele recebeu uma punição de perda de 5 posições no grid de largada, fazendo assim com que ele largue amanhã (11) na 11ª posição.

Com o vai e vem de pingos no circuito de Interlagos, quem assumiu o lugar de quarta força no treino classificatório foi a equipe Sauber, que viu Marcus Ericsson cravar o sétimo tempo seguido por Charles Leclerc que ficou com o oitavo tempo.

A equipe Haas que nos treinos livres mostrava ser a quarta força acabou não tendo um bom desempenho no treino classificatório já que Romain Grosjean marcou o nono tempo e Kevin Magnussen apenas o décimo primeiro, porém com a punição de Ricciardo os dois ganharão uma posição no grid de largada, fazendo assim com que Magnussen largue no top 10.

Fechando o top 10 tivemos Pierre Gasly da Toro Rosso, que neste fim de semana utiliza a versão 'spec 3' do motor Honda.


Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário