Hamilton lidera último treino livre no Japão e é o favorito para a pole position


A terceira e última sessão de treinos livres teve pouca movimentação e praticamente não ajudou em nada as equipes a conseguirem acertar seus carros para o treino classificatório, já que no início da sessão a chuva que era prevista para cair no circuito apareceu e com isso muitos pilotos preferiram ficar nos boxes até haver uma melhora, porém a tal melhora aconteceu apenas nos 15 minutos finais causando um grande alvoroço na pista já que todos queriam aproveitar aqueles minutos finais, porém não demorou muito faltando um pouco menos de 3 minutos para a bandeira quadriculada, Nico Hulkenberg da Renault perdeu o controle de seu carro na curva 4 e foi parar na barreira de pneu fazendo assim com que o treino fosse encerrado com bandeira vermelha. 

Porém mesmo com pouca atividades, o líder continuou o mesmo das outras duas sessões anteriores. Lewis Hamilton que passou boa parte da sessão com o pior tempo, que havia feito um pouco antes da sua apertar no circuito, aproveitou os minutos livres na parte final, para cravar o melhor tempo da sessão superando assim a dupla da Ferrari, que passou boa parte da sessão liderando. Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen da Ferrari ficaram com o segundo e terceiro tempo, porém apenas o alemão conseguiu ser um pouco mais de 0,1s mais lento que Hamilton, entretanto está diferença não mostra o real cenário, enquanto Raikkonen foi 0,4s mais lento. 

Max Verstappen da Red Bull mais uma vez se mostrou estar bem melhor neste circuito que seu companheiro de equipe , Daniel Ricciardo, e cravou o quarto tempo enquanto o australiano foi o sexto. Entre eles tivemos Valtteri Bottas que não conseguiu acompanhar Hamilton e teve que se contentar em ficar com a quinta posição à 0,8s. 

Assim como Hamilton que liderou as três sessões de treinos livres, Esteban Ocon da Force India, foi o melhor do resto novamente pela terceira vez neste fim de semana, mostrando assim uma grande consistência. Seu companheiro de equipe, Sergio Perez, veio logo atrás com o oitavo tempo, porém sendo 0,4s mais lento que jovem piloto francês. 

Enquanto Nico Hulkenberg ficou apenas com o décimo quinto tempo e acabou danificando seriamente o seu carro, a Renault, viu Carlos Sainz, cravar o nono tempo e mostrar que eles tem chance de brigar pelo top 10 durante o treino classificatório. 

A Haas novamente viu um de seus carros figurar no top 10, desta vez com Kevin Magnussen que fechou o top 10 seguido por seu companheiro de equipe, Romain Grosjean, que foi o décimo primeiro.


Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário