Renault protesta e FIA desclassifica Grosjean por irregularidade no assoalho



E após o GP da Itália, a equipe Renault apresentou um protesto, dizendo que o carro do piloto, Romain Grosjean, não estava de acordo com o regulamento.  

Logo após o protesto da equipe francesa, os comissários pediram ao delegado técnico da FIA para investigar, e não demorou para que eles emitissem um comunicado dizendo que o assoalho do carro estava violando as regras, uma vez que não cumpre com o regulamento. 

“O carro número #8 não está em conformidade com o Artigo 3.7.1 d) e os esclarecimentos dados no documento TD / 033-18 publicado em 25 de julho de 2018”, disse a FIA.

O artigo o qual os comissários mencionaram, é bem claro dizendo: "A superfície formada por todas as partes situadas no plano de referência deve ter um raio de 50mm (+ou- 2mm) em cada canto frontal, quando vista diretamente abaixo do carro, sendo aplicada após a superfície ter sido definida".

Desta maneira a equipe Haas, perde os pontos que conquistou e volta a ficar atrás da Renault no campeonato de construtores, na quinta posição. Além disso com tal exclusão, Sergey Sirotkin da Williams, conquista seu primeiro ponto na categoria, com isso agora todos os 20 pilotos que estão no grid , pontuaram nesta temporada.


Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário