Raikkonen fecha sexta-feira em Singapura na ponta


Diferente da primeira sessão de treinos livres, a segunda sessão foi de acordo com as condições que os pilotos enfrentarão tanto na classificação quanto no domingo na corrida, com isso quem mostrou um bom desempenho, foi Kimi Raikkonen que marcou o melhor tempo do dia com 1min38.699s  com os pneus hiper-macio. 

Lewis Hamilton terminou o dia com o segundo melhor tempo à apenas 0,011s atrás do tempo de Raikkonen, mostrando assim até o momento que a Mercedes pode tentar confrontar a Ferrari na classificação e na corrida. 

A dupla da Red Bull que lideraram a primeira sessão, ficaram com o terceiro e quarto tempo, com Verstappen superando Ricciardo. Logo atrás veio Valtteri Bottas que marcou o quinto tempo. 

A Renault novamente comandou o meio do pelotão com Carlos Sainz Jr cravando o sexto melhor tempo, Nico Hulkenberg ficou com o décimo tempo. 

O sétimo tempo ficou com Romain Grosjean da Haas seguido por Fernando Alonso da Mclaren que marcou o oitavo tempo. 

Sebastian Vettel acabou fechando o dia na nona colocação, após tocar no muro na saída da curva 21 quando vinha numa volta rápida que provavelmente o colocaria nas primeira colocações, mas precisou abortar sua volta e retornou para os boxes para que os mecânicos pudessem examinar o seu carro. Entretanto a situação ficou um pouco complicada já que havia um vazamento de fluído na parte do radiador, com isso o alemão não retornou mais para a pista, e acabou atrapalhando totalmente as atividades do mesmo, que não conseguiu fazer simulação de volta lançada e nem de corrida. 


Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário