Giovinazzi lidera primeiro dia de testes na Hungria e quebra o recorde da pista



Antonio Giovinazzi foi o nome deste primeiro dia de testes na Hungria, pois o italiano quebrou o recorde da pista extra-oficial que era de Vettel, ao cravar o tempo de 1min15.648s , sendo 0,5s mais rápido que o tempo marcado pelo alemão durante o terceiro treino livre, já que o treino classificatório do GP da Hungria foi debaixo de chuva. Entretanto vale ressaltar que o composto utilizado por Vettel foi pneu ultramacio contra o hipermacio que é o pneu mais aderente desta temporada que foi utilizado por Giovinazzi e também

O segundo melhor tempo deste primeiro dia de dois que teremos de testes na Hungria, foi Marcus Ericsson da Sauber que ficou bem distante do piloto da Ferrari, cerca de 2,5s , ele que também utilizou o composto hipermacio para cravar a sua melhor volta.

Brendon Hartley da Toro Rosso, assim como os dois primeiros colocados, utilizou o composto hipermacio e conseguiu marcar o terceiro melhor tempo, porém à 3,6s do tempo marcado por Giovinazzi, ele que também foi o piloto que mais completou voltas na pista sendo um total de 126 voltas. 

A quarta colocação ficou com o pupilo da Mclaren, Lando Norris que diferente dos carros que ficaram à sua frente, ele utilizou o composto macio para fazer a sua melhor volta do dia. 

E com uma chuva inesperada perto do fim da sessão, muitos pilotos não conseguiram melhorar seus tempos. 

O atual líder da F2, George Russel, guiou o W09 da Mercedes e cravou o quinto tempo, mas completou apenas 49 voltas, logo atrás tivemos Daniel Ricciardo da Red Bull marcando o sexto tempo do dia. 

A sessão de hoje que também foi marcada pelos protótipos da asa dianteira da próxima temporada, que foram apresentadas e testadas pela Force India e a Williams. Nicholas Latifi e Oliver Rowland que testaram a nova configuração da asa dianteira de 2019, marcaram o sétimo e nono tempo respectivamente. Entre eles tivemos Hulkenberg da Renault com o oitavo tempo. 

O pior tempo da tabela de tempos ficou com Sean Gelael, que ficou a disposição da Pirelli e com isso a Toro Rosso pode escalar mais um carro. Gelael que provocou a única bandeirada vermelha do dia ao bater na curva 11 , pouco antes de cravar ao seu melhor tempo do dia. 

Para amanhã (1), teremos Robert Kubica de volta ao comando do FW41 da equipe Williams. 


Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário