Mercedes faz dobradinha em primeiro treino livre com Hamilton e Bottas, Kubica volta a guiar pela Williams e fica com o último tempo

Lewis Hamilton - Steven Tee / LAT Images

Pode até ser o circuito de casa da Red Bull, mas quem comandou a primeira sessão de treinos livres livres foi a Mercedes, com Lewis Hamilton e Valtteri Bottas. Pórem a Red Bull teve um de seus carros no top 3, com Max Verstappen, ficando à 0,2s do tempo do tetracampeão.

A Mercedes que para este fim de semana trouxe algumas novidades na parte aerodinâmica do W09, uma semana depois que atualizaram o motor, porém a equipe alemã ainda deverá mostrar o real potencial dessas novidades, já que o primeiro treino livre não praticamente nenhuma equipe mostra o seu real potencial. 

Sebastian Vettel até tentou figurar entre os primeiros mas acabou perdendo terreno e assim fechou está primeira sessão na quarta colocação seguido por Daniel Ricciardo da Red Bull, que entre os seis primeiros foi o único a utilizar os compostos macios. Kimi Raikkonen por sua vez ficou com o sexto melhor tempo à quase 1s do melhor tempo da sessão. 

O sétimo tempo ficou com Romain Grosjean que volta a ter uma primeira sessão de treinos muito positiva garantindo assim para a equipe Haas o 'status' da quarta melhor equipe nestes primeiros 90 minutos de atividades em Spilberg. Kevin Magnussen companheiro de equipe do piloto francês ficou com o décimo segundo tempo. 

A menos de um décimo atrás de Grosjean tivemos Esteban Ocon da Force India, um dos pilotos que talvez esperassem ter tido mais sorte no último final de semana já que acabou tendo que abandonando a corrida de 'casa' ainda na primeira volta. Sergio Perez diferente de Ocon não começou com o pé direito em Spilberg e terminou a primeira sessão com o décimo quarto tempo. 

E novamente a Sauber volta a surpreender com Charles Leclerc cravando o nono tempo e Marcus Ericsson o décimo primeiro. Entre as duas Sauber e fechando o top 10 tivemos Pierre Gasly da Toro Rosso. A equipe italiana que trouxe algumas novidades na parte aerodinâmica e será interessante ver o progresso deles. 

A Mclaren novamente deixou a desejar e como a mostrar que eles estão indo para o mesmo rumo da Williams, nesta primeira sessão Fernando Alonso e Stoffel Vandoorne marcaram apenas o décimo sétimo e o décimo oitavo tempo ficando apenas à frente de Brendon Hartley e Robert Kubica. Para piorar a situação Vandoorne acabou danificando a asa dianteira de seu carro após atacar uma das zebras do circuito. O belga também está sob investigação por uma liberação insegura que quase fez com Vettel batesse em seu carro na entrada do pitlane. 

Robert Kubica que voltou a guiar o FW41 da Williams, teve um treino positivo, chegando a completar 37 voltas, porém ficou à 0,9s de Lance Stroll que foi o décimo sexto. 



Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário