Max Verstappen termina sexta-feira na ponta em Montreal



E novamente deu Max Verstappen, o holandês voltou a fazer o melhor tempo na segunda sessão de treinos livres e com isso fechou a sexta-feira no Canadá, imbatível.

O jovem holandês da Red Bull, novamente utilizou os compostos hipermacios para poder desbancar Kimi Raikkonen, que passou uma boa parte da sessão na liderança, ao estabelecer o tempo de 1min12.328s , porém Verstappen conseguiu ser 0,130s mais rápido que o finlandês o que lhe rendeu o melhor tempo do dia.

O terceiro melhor tempo novamente ficou com Daniel Ricciardo da Red Bull, que nesta segunda sessão ficou por um bom tempo longe do top 10, mas no minutos finais, conseguiu melhorar e assim terminar está sexta-feira em Montreal entre os três primeiros. 

Lewis Hamilton que havia sido o segundo colocado na primeira sessão, acabou tendo que se contentar em terminar a sexta-feira com o quarto melhor tempo, porém o seu melhor tempo foi marcado no inicio com os pneus supermacios, ele até trocou pelo os ultramacios mas não conseguiu melhorar seu tempo. Diferente do inglês, Valtteri Bottas conseguiu ter uma melhora com os pneus ultramacio, mas ainda assim ficou cerca de 0,3s atrás de seu companheiro. 

Entre as Mercedes, tivemos o vice-líder do campeonato, Sebastian Vettel, que mesmo nos 30 minutos finais fazendo uma simulação de classificação com o hipermacio, ele ficou apenas com o quinto melhor tempo, ficando à 0,7s do tempo de Verstappen.

Romain Grosjean da Haas foi o melhor do resto e cravou o sétimo tempo seguido pela dupla da Force India, com Esteban Ocon em oitavo e Sergio Perez em nono. 

O espanhol da Mclaren, Fernando Alonso, novamente utilizou o composto ultramacio para fazer a sua melhor volta e com isso conseguiu fazer apenas o décimo tempo seguido bem de pertinho por Charles Leclerc da Sauber e Brendon Hartley da Toro Rosso. A diferença entre os três foi menos de 0,035s.  

 Nico Hulkenberg que teve problema na caixa de câmbio na primeira sessão, teve seu problema resolvido e com isso conseguiu participar tranquilamente da segunda sessão, e cravou o décimo quarto tempo. Carlos Sainz Jr que na primeira sessão havia marcado o oitavo tempo, acabou perdendo a traseira de seu carro na saída da curva 7 e tocou na parede, mesmo os danos não terem sido tão grandes ele acabou tendo que abandonar a sessão após retornar os boxes. 

O piloto da 'casa' , Lance Stroll terminou na décima nona colocação, ficando apenas à frente de seu companheiro de equipe Sergey Sirotkin. 



Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário