Hamilton vence o GP da França e volta a liderança do campeonato, Vettel bate em Bottas na largada

Lewis Hamilton vencendo o GP da França - Mark Sutton / Sutton Images

Lewis Hamilton 'passeia' na França e vê Sebastian Vettel bater em Valtteri Bottas na largada. 

E neste domingo o piloto da Mercedes, Lewis Hamilton, fez mais uma de suas corridas que mais parecem passeios, durante toda a corrida ninguém chegou a ameaça-lo e assim ele cruzou a bandeirada tranquilamente. Além da vitória tranquila , ele viu na largada seu rival no campeonato, Sebastian Vettel bater em Valtteri Bottas, fazendo assim com que os dois pilotos caíssem para as últimas posições, o alemão por sua vez foi punido com 5s, mas mesmo assim cruzou a bandeirada na quinta colocação, diminuindo assim o prejuízo no campeonato, já que agora ele está à 14 pontos atrás do inglês.

Quem soube aproveitar a confusão na largada foi Max Verstappen da Red Bull, que vinha pelo lado de fora da primeira curva e com isso escapou do incidente entre Vettel e Bottas, e assim cruzou a bandeirada na segunda posição seguido por Kimi Raikkonen da Ferrari que no final superou a Red Bull de Daniel Ricciardo para subir ao pódio. Raikkonen que aproveitou o bom desempenho dos pneus supermacios contra os pneus macios já bem usados de Ricciardo. 

Vettel que chegou na quinta posição fez uma bela corrida de recuperação e conquistou um resultado muito bom, pois graças a outro acidente na primeira volta que envolveu Esteban Ocon e Pierre Gasly, o safetycar entrou na pista fazendo assim com que todos se juntassem novamente, e que ajudou muito tanto o alemão da Ferrari quanto o finlandês da Mercedes, pois uma vez juntos na cola do pelotão, a recuperação de ambos era algo mais do que esperado. Valtteri Bottas por sua vez terminou a corrida na sétima colocação. 

A sexta colocação ficou com Kevin Magnussen da equipe Haas, que fez uma corrida sem incidentes e conseguiu marcar pontos importantíssimos para a equipe, que agora está apenas um ponto atrás da Force India. E pensando no médio prazo no campeonato, a Haas também deverá superar a Mclaren. 

A Renault, equipe da 'casa', teve um bom desempenho e conseguiu terminar a corrida com seus dois carros na zona de pontuação com Carlos Sainz em oitavo e Nico Hulkenberg em nono. 

A surpresa do treino classificatório, Charles Leclerc, continuou a mostrar um bom desempenho durante a corrida chegou até a andar em sexto lugar mas devido ao seu carro ser bem inferior aos de seus rivais foi perdendo posições durante a corrida, entretanto terminou a corrida na zona de pontuação na décima posição, o máximo que ele poderia chegar.  

O melhor piloto da 'casa', foi Romain Grosjean, que foi o único a terminar a corrida, chegando na décima primeira posição, enquanto Ocon e Gasly acabaram abandonando a corrida após um incidente na primeira volta. Além deles, Sergio Perez e Lance Stroll também não completaram a corrida. 

A Mclaren como mostrou no treino classificatório não tinha carro para fazer muita coisa e com isso Stoffel Vandoorne terminou a corrida em décimo segundo e Fernando Alonso foi o último daqueles que terminaram a corrida. 

O GP da Austria acontece no próximo fim de semana.


Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário