Mesmo com problema de potência, Ricciardo vence o GP de Mônaco e fecha o fim de semana com chave de ouro

Daniel Ricciardo vencedor do GP de Monaco de 2018 - Manuel Goria / Sutton Images



Simplesmente Daniel Ricciardo foi o nome deste fim de semana em Mônaco, após dominar todos os treinos livres e o treino classificatório , ele conseguiu neste domingo vencer o GP de Mônaco.

A vitória do australiano não foi uma vitória qualquer tão pouco tranquila, pois ele acabou tendo problema de potência no motor, mas isso não afetou a sua determinação em fechar este fim de semana com chave de ouro, e como sabemos ultrapassar em Mônaco não é algo tão fácil, e isso ajudou demais Ricciardo segurar Sebastian Vettel que cruzou a bandeirada na segunda colocação. 

O terceiro colocado foi Lewis Hamilton, que sofreu demais com os compostos hipermacio e ultramacio, e por diversas vezes reclamou no rádio para a equipe, e que gostaria de fazer mais um pitstop, o que o faria perder pelo menos duas posições, mas a equipe resistiu e mandou o inglês continuar na pista com isso ele ainda permanece na ponta do campeonato com 14 pontos à frente de Vettel. 

Os finlandeses terminaram a corrida nas mesmas colocações em que largaram, com Kimi Raikkonen em quarto e Valtteri Bottas em quinto seguidos por Esteban Ocon da Force India, que terminou também a corrida na mesma colocação em que largou. 

O sétimo colocado até certa parte da corrida tinha pinta de que seria o espanhol da Mclaren, Fernando Alonso, porém devido a um problema na caixa de câmbio, ele acabou abandonando a corrida e com isso Pierre Gasly da Toro Rosso que havia superado Nico Hulkenberg e vinha logo atrás do espanhol acabou assumindo a sétima colocação e conseguiu pela segunda vez nesta temporada terminar na zona de pontuação. 

Fechando o top 10 tivemos um bela disputa entre as duas Renault e Max Verstappen. A equipe francesa viu que Hulkenberg que vinha sendo ameaçado por Verstappen tinha um ritmo melhor do que Sainz Jr e com isso o espanhol cedeu a posição para seu companheiro de equipe e tentou segurar o jovem piloto holandês, mas não demorou muito para que Verstappen o superasse, e foi na chicane por fora numa bela manobra que ele assumiu a nona colocação e até tentou ameaçar Hulkenberg mas acabou cruzando a bandeirada à 0,5s do alemão. 

No final ainda tivemos um acidente envolvendo a Sauber de Charles Leclerc , 'piloto da casa', e a Toro Rosso de Brendon Hartley. O piloto monegasco, acabou tendo problema com seus freios na saída do túnel e com isso acertou a traseira de Hartley, com isso ambos os pilotos abandonaram a corrida. 

A próxima corrida da Fórmula 1 será no Canadá, no dia 10 de junho


Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário