GP da China: Motores Renault com mais potência

Renault e Mclarne na saída do pit lane - Sutton Images

E nesta sexta-feira a equipes clientes da Renault, receberam uma grande notícia, pois a fabricante francesa anunciou que tanto a sua equipe de fabrica quanto as equipes clientes, Mclaren e Red Bull podem utilizar o modo de maior potência do motor sem restrições.

A Renault como havia dito no início do ano eles iriam primeiro focar na confiabilidade do motor, que tanto na Austrália quanto no Bahrain não teve nenhum problema sério, mesmo com Daniel Ricciardo tendo um problema no GP do Bahrain , a Renault sentiu que o seu motor provou ser confiável o suficiente ao utilizar os modos mais conservadores e que agora pode executar o modo de mais potência.

"Estamos claramente fazendo aquilo que dissemos que iriamos fazer" - disse o chefe da Renault Sport, Cyril Abiteboul, ao site 'Motorsport'.

"Simplesmente, queríamos confirmar a confiabilidade, o que fizemos até agora. Vimos que Ricciardo teve um problema na corrida passada, mas a razão ainda é desconhecida, e estamos conversando se foi algo relacionado ao chassi ou ao motor, ainda não temos informações concretas sobre qual o motivo de tal problema. Foi um problema elétrico, o que obviamente teve impacto na bateria. Tirando isso, o motor de combustão interna e o sistema de recuperação de energia estão 'OK'. Estamos, forçando em termos de uso e operação do motor. E isso já está tendo algum impacto, especialmente em uma pista assim, que tem certa sensibilidade ao uso de energia" - explicou.

Cyril Abiteboul também enfatizou que tanto a equipe Renault , quanto a Mclaren e a Red Bull, dispõe dos mesmos parâmetros operacionais.

"Absolutamente, está sempre foi a nossa filosofia mesmo antes de qualquer tipo de regulamentação, além disso, agora temos um regulamento, então praticamente não há outra escolha . E somos muito transparentes nesse respeito com os nossos clientes (Mclaren e Red Bull) ".

A Renault que também vem trabalhando duro em seu motor, já planeja dar um salto quando a segunda rodada de motores começar a ser utilizada, e o MGU-K está entre os itens que estão por vir nesta atualização.

"No que diz respeito ao hardware, estamos seguindo o plano, e isso será para a unidade de potência número dois, o que ainda vai demorar um pouco. Por enquanto, é algo mais relacionado à energia. Também teremos algumas coisas vindo do ICE (motor de combustão), e também do combustível que vira um pouco mais tarde, dependendo da equipe, já que não estamos usando o mesmo combustível " - concluiu Abiteboul .


Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário