Hamilton supera Vandoorne e lidera quarto dia de testes em Barcelona



E nesta quinta-feira (1) tivemos o último dia de testes da pré-temporada desta primeira semana e diferente de ontem (28) hoje o clima esteve bem melhor fazendo assim com que todos conseguissem utilizar os compostos de pista seca e darem bastante voltas.

Lewis Hamilton que assumiu o controle do W09 após o almoço cravou o melhor tempo dos testes até agora com 1min19s333 de pneus médios, ele que também completou um total de 69 voltas.

O segundo melhor tempo do dia ficou com Stoffel Vandoorne da Mclaren, ficou à 0,5s do melhor tempo, novamente de pneus hiper macios. O piloto belga por sua vez conseguiu quebrar a barreira de 100 voltas, chegando a um total de 110 voltas, ficando apenas atrás de Pierre Gasly da Toro Rosso que completou 147 voltas e Sebastian Vettel da Ferrari que completou 120 voltas, porém pode-se usar a desculpa que Vandoorne precisou dividir o carro com Fernando Alonso que assumiu na parte da tarde o comando do MCL33 e fez o quinto melhor tempo do dia e completou um total de 51 voltas.

Sebastian Vettel que ficou com o terceiro melhor tempo do dia e utilizou os pneus macios para sua volta rápida, composto que ele usou em grande parte do dia quando a pista ficou seca. Logo atrás do alemão da Ferrari, tivemos Kevin Magnussen da Haas que ficou a menos de 0,1s de desbancar o Ferrarista.

A Renault que fez o mesmo que muitas outras equipes hoje, em dividir o carro entre seus pilotos, já que ontem literalmente não houve treino, viu Carlos Sainz Jr utilizar o pneu médio e fazer o sexto melhor tempo do dia enquanto Nico Hulkenberg que utilizou o pneu macio ficou com o décimo primeiro tempo.

Quem não teve um dia nada bom foi a Red Bull com Max Verstappen que mesmo tendo feito o nono tempo, só conseguiu completar apenas 35 voltas, o que é muito ruim para a equipe já que a maioria conseguiu quebrar a marca das 100 voltas. A Red Bull passou grande parte da manhã nos boxes mexendo no carro e Max conseguiu fazer apenas 18 voltas, na parte da tarde ele completou mais alguns voltas, porém acabou rodando na curva 12 e foi para no cascalho, o que causou bandeira vermelha, após o carro ter voltado para os boxes da equipe de caminhão, eles não voltaram mais para a pista.

E novamente quem chamou a atenção no treino foi a Toro-Rosso que viu Pierre Gasly completar um total de 147 voltas sem o motor Honda apresentar problemas, isso mostra que a Honda conseguiu ter uma melhora significativa em seu motor para está temporada de 2018.

A segunda e última sessão de testes da pré-temporada da F1 acontece já próxima terça-feira (6) e vão até sexta-feira (9).







Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário