Estatísticas: Hamilton e Honda no topo na primeira semana de testes em Barcelona

LAT Images / Andrew Hone 


Esses primeiros quatro dias de testes em Barcelona, não foram dos melhores para todas as equipes, em especial ontem, quarta-feira (28), quando literalmente nevou no circuito, e apenas 5 pilotos foram para pista com apenas um marcado tempo. Entretanto sem o pequeno problema do clima, as equipes não aparentaram muitos problemas, o que permitiu a elas acumularem uma boa quilometragem.

No quesito volta rápida, a Mercedes e o tetracampeão Lewis Hamilton, já se impuseram e ficaram com o melhor tempo dos testes até aqui com 1min19s333 , tempo o qual o inglês cravou hoje (1) de pneus médios. Para se termos uma noção mesmo com o clima frio e Hamilton utilizando os compostos médios, ele ficou apenas 0,2s do tempo da sua própria pole position feita no ano passado com os pneus macios. 

Mas como em pré-temporada todas as equipes escondem o seu verdadeiro potencial, o quesito confiabilidade acaba se tornando o principal, e quem se destacou neste para a surpresa de todos foi a Toro Rosso que tem debaixo da sua carenagem o motor Honda, é isso mesmo, a equipe conseguiu completar nada mais nada menos que 324 voltas nestes quatros dias com Brendon Hartley e Pierre Gasly. O francês que hoje (1) foi o piloto que mais completou voltas, um total de 147. 

Para se termos uma noção do que representa essas 324 voltas feitas pela Toro Rosso com o motor Honda, isso representa mais da metade feita pela Mclaren-Honda na pré-temporada inteira de 2017, e comparando com a pré-temporada de 2015, essa valor é dobro, e poderia ser muito mais, caso o clima tivesse se mantido bom na quarta-feira. 

Em um combate direto dos motores, a Honda não fez feio, pois como tem apenas uma equipe utilizando seu motor, ficou cerca de 400 voltas atrás dos demais motores. 

A Mclaren que preferiu encerrar sua parceria com a Honda, parece estar se dando muito bem com o motor Renault, dando no quesito confiabilidade quanto em desempenho, conseguiram completar um total de 260 voltas e ficar com seus dois carros no top 10 na tabela geral de tempos feitos nesta semana com Vandoorne ficando o terceiro melhor tempo atrás apenas de Hamilton e Vettel, e Alonso em décimo tempo. 

Por fim dentre os quatro motores, o que mais acumulou quilometragem foi o motor Ferrari que percorreu um total de 768 voltas ou 3575 km. 




Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário