Ricciardo lidera primeiro dia de testes em Barcelona

Daniel Ricciardo - LAT Images / Andrew Hone

E o primeiro dia de testes da pré-temporada de 2018 da F1, foi liderado por Daniel Ricciardo da Red Bull, ele que também foi o único piloto a passar da marca de 100 voltas, tendo percorrido um total de 105 voltas.

Ricciardo que cravou o melhor tempo dia com pneus médios momentos antes da pausa do almoço, e graças as temperaturas baixas e a chuva na parte da tarde, era impossível que alguém conseguisse bater o tempo do australiano. 

Valtteri Bottas que chegou a liderar na parte da manhã com a sua Mercedes, acabou sendo superado pelo piloto da Red Bull por 0,170s, ele que também utilizou os pneus médios. Logo atrás tivemos Kimi Raikkonen da Ferrari que diferente de Ricciardo e Bottas, marcou seu melhor tempo com pneus soft porém ficou à 0,3s do melhor tempo do dia. 

O quarto lugar desde primeiro dia ficou com Nico Hulkenberg da Renault que ficou apenas 0,041s atrás de Kimi Raikkonen. Com isso o top 5 se manteve quase sem alterações desde a parte da manhã, se não fosse por Fernando Alonso que cravou o quinto melhor tempo do dia, depois de ter completo apenas 10 voltas na parte da manhã antes de sofrer um problema na roda traseira direita na última curva, que acabou provocando a primeira bandeira vermelha do treino. O espanhol que utilizou os pneus supermacios para marcar o seu melhor tempo. 

Bottas e Hulkenberg dividiram seus carros com seus companheiros de equipe e com isso na parte da tarde após a pausa do almoço Carlos Sainz Jr e Lewis Hamilton assumir o comando, assim o espanhol da Renault cravou o sexto tempo e o inglês da Mercedes o sétimo. 

O oitavo melhor tempo ficou com Brendon Hartley da Toro Rosso, mas o que chamou a atenção foi que eles conseguiram dar um total de 93 voltas sem que o motor Honda apresentasse problemas, o que mostra por enquanto nesta primeiro dia que a Honda conseguiu fazer progressos significativos no quesito confiabilidade de seu motor. 

Lance Stroll e Romain Grosjean fecharam o top 10 seguido por Marcus Ericsson, Nikita Mazepin e Sergey Sirotkin. 



Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário