Mercedes surpreende e Ferrari volta a ter problemas neste quinto dia de testes em Barcelona


E os motores da F1 voltaram a roncar hoje em Barcelona, mas da semana passada para cá tivemos várias surpresas, a primeira foi que a Mercedes resolveu utilizar pela primeira vez nos testes deste ano os pneus macios a segunda foi que a Mclaren terminou o treino na terceira posição.

Nico Rosberg  que foi o primeiro a utilizar os pneus macios no W07, marcou 1m23.022s , tempo que faz com que os seus rivais caiem na real que derrubar a Mercedes este ano será uma tarefa um tanto quanto impossível, isso porque esse tempo fica apenas a 0,2s atrás do melhor tempo marcado até agora que foi de Sebastian Vettel com os pneus ultra macios. A equipe alemã que hoje utilizou uma estratégia diferente , tendo na parte da manhã Rosberg sob o comando fazendo um ritmo de classificação enquanto na parte da tarde quando o tricampeão Lewis Hamilton assumiu o carro , fizeram uma simulação de corrida de 66 voltas , mas ele também fez alguns stint curtos utilizando os pneus macios, porém ele acabou terminando o dia na sexta colocação.

A Williams hoje colocou no FW38 os pneus ultra macios e garantiram um segundo lugar com Valtteri Bottas, ele que por sinal ficou a 0,2s do melhor tempo do dia, entretanto o piloto finlandês completou 123 voltas, sendo também o segundo a fazer mais voltas hoje.

A surpresa do dia ficou por conta da Mclaren que conseguiu um feito tanto quanto inédito nesta pré-temporada, já que hoje Fernando Alonso utilizou os pneus macios e cravou o terceiro melhor tempo do dia desbancando o seu ex-companheiro de equipe Kimi Raikkonen que terminou o dia na quarta posição, o piloto da Ferrari que sofreu hoje com um problema na caixa de velocidade. 

Daniil Kvyat da Red Bull cravou o quinto melhor tempo do dia após ficar na parte da manhã praticamente fora por causa de um problema no freio do RB12 que acabou causando um pequeno incêndio. 

O piloto que mais fez voltas hoje em Barcelona foi Max Verstappen com o seu STR11, ele fez nada mais nada menos que 144 voltas o que mostrar o quão confiável é o motor Ferrari mesmo eles estando usando o motor versão 2015.

Em oitavo lugar tivemos Nico Hulkenberg da Force India, logo em seguida o brasileiro Felipe Nasr da Sauber que testou hoje pela primeira vez o novo bólido da equipe o C35.

Kevin Magnussen foi quem fechou o top 10, o jovem piloto dinamarquês completou hoje 119 voltas mas acabou tendo problemas com o carro nos minutos finais que acabou parando na pista.

Na décima primeira colocação e décima segunda, tivemos Esteban Gutierrez da Haas e Rio Haryanto da Manor , ambos os pilotos tiveram problemas, porém quem levou a pior foi Gutierrez que teve um problema no sistema de combustível e acabou completando apenas 23 voltas, já Haryanto teve um dia pra lá de problemático, chegou a ficar de fora grande parte da manhã enquanto a sua equipe consertava um um pequeno vazamento de óleo, mesmo assim ele ainda conseguiu completar 45 voltas ficando a quase 5s do melhor tempo do dia.
 

Confira os tempos:


Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário