Presidente da FIA afirma que não pode fazer nada para acabar com a desigualdade da F1


Jean Todt , presidente da FIA, deu a entender que as regras da F1 devem ser independentes do poder financeiro das equipes, e acha que o orçamento não deve beneficiar algumas equipes por causa de uma regra específica.

O francês afirma que o atual formato da categoria não traz competitividade nas corridas e destaca: "A FIA não pode fazer nada".

" Há uma ligação evidente entre as equipes, as construtoras e o detentor dos direitos comerciais.É claramente uma questão simples: se derem mais dinheiro aos ricos e menos aos pobres, o que acontece?", questionou.

"Não posso falar: dá mais dinheiro a está equipe e menos aquela equipe. Não está nas minhas mãos. Por isso, o melhor é criar regras que não penalizem quem tem menos dinheiro", concluiu Todt.


Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário