FIA não quer terminar como a FIFA e o Atletismo


Com os escândalos de corrupção que FIFA e a Federação de Atletismo estão tendo, o presidente da FIA, Jean Todt afirmou que órgão máximo da F1 está atualmente em uma auditoria independente, que tem como objetivo evitar suspeitas e problemas que estão afetando a FIFA e o Atletismo.

“A FIA tem a preocupação de acompanhar o rápido desenvolvimento das suas atividades com a procura constante em melhorar a sua organização, e o desempenho da sua equipe e o seu funcionamento interno”, comunicou a FIA em texto enviado à AFP.
Jean Todt, que chegou a lamentar neste mês os problemas que estão atingindo algumas organizações esportivas, porém se mostrou tranquilo sobre à forma que a FIA é comandada.
"Eu me sinto confortável sobre a forma como a nossa organização é gerenciada e como funciona. Estou muito orgulhoso de todas as pessoas envolvidas nisso", afirmou o francês.

A F1 que está sendo investigada pela União Europeia após as equipes Force India e Sauber apresentarem queixas sobre o modo como o dinheiro está sendo dividido entre as equipes do grid.



Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário