Compra da Lotus pela Renault finalmente da seus primeiros passos


Hoje a Renault deu seus primeiros passos oficiais para a aquisição da equipe Lotus na F1, com a intenção de voltar a categoria já no próximo ano como equipe principal.

 Nas últimas horas foi informado que o grupo francês assinou uma carta indicando a sua intenção de assumir a equipe Lotus que atualmente vem passando por uma crise financeira sem muita solução, que por coincidência nesta segunda-feira teve que comparecer à Suprema Corte da Inglaterra para travar mais um batalha judicial com o governo britânico para tentar evitar o bloqueio da equipe devido a dívida que eles tem que chega a quase R$ 16 milhões.

"O Grupo Renault e a Gravity Motorsports, uma afiliada da Genii Capital SA, tem o prazer de anunciar a assinatura de uma carta de intenção em relação à potencial aquisição de uma parte majoritária da equipe Lotus por parte da Renault. Está carta de intenção marca o primeiro passo da Renault rumo ao projeto de ter novamente uma equipe de fábrica na F1 a partir de 2016, que prorroga o compromisso de 38 anos da marca com a principal categoria do automobilismo mundial. O Grupo Renault e Gravity trabalharão em conjunto nas próximas semanas para finalmente começar a transformar este acordo em uma transação definitiva, em que todos os termos e condições sejam cumpridos por todas as partes interessadas ", lia-se no anúncio da Renault.

Uma vez que a transição entre Lotus e Renault for concluída, a equipe Renault irá proceder à seleção do segundo piloto que irá juntar a Pastor Maldonado em 2016. O novo piloto que irá substituir Romain Grosjean, que está a menos de 24 horas para ser anunciado pela equipe americana Haas F1Team.
Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário