Button pode ir pilotar na WEC e até chefiar equipe no Rallycross após se aposentar da F1



A situação de Jenson Button na F1 é um dos temas mais discutidos neste fim de semana em Suzuka e os rumores sobre seu futuro crescem a cada dia que passa. E hoje em declaração a revista "AutoSport", o piloto britânico afirmou que tem vontade de guiar na WEC e também de chefiar uma equipe no mundial de Rallycross, depois que se aposentar da F1.

"No momento certo, eu me vejo fazendo isso no futuro", referiu-se a WEC. "Eu já assisti muitas corridas ao longo dos últimos anos e eu adoro a atmosfera de equipe, é um evento enorme em equipe. Conseguir uma vitória nas 24 horas de Le Mans é uma coisa que todos os pilotos querem pois é uma conquista muito especial.  Definitivamente eu me vejo sim, correndo na WEC no futuro ", disse Jenson.

Sobre quando iria para a WEC, Button deixou bem claro que seria na hora certa e com o equipamento certo para competir na LMP1 , mas não quis comentar sobre uma possível oferta da Porsche para a temporada de 2016.

Já o que diz respeito em participar de uma equipe de Rallycross, Button afirmou que seria mais na parte de gestão de equipe. Recentemente, ele esteve em um evento televisivo de Rallycross onde encontrou com outro piloto britânico David Coulthard. O que também anima muito Button é que seu pai, John Button, competiu  na década de 1970 no campeonato britânico de rallly.

"Eu adoraria ter uma equipe de Rallycross, é algo que meu pai correu e adorou, e eu desfrutei algumas semanas atrás, em Lydden Hill (circuito situado no sudeste da Inglaterra). É possível. Eu não sei como conduzir, nem sei se seria bom. É uma categoria divertida para se envolver. É definitivamente algo que eu tenho considerado para o futuro. Depois que minha carreira na F1 acabar, vai ser divertido em fazer algo diferente ", concluiu o campeão de 2009.





Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário