Sergio Marchionne irá abandonar presidência da FIAT e da Ferrari em 2018.


Sergio Marchionne atual presidente da FIAT Chryler e novo presidente da Ferrari, anunciou nesta quarta-feira que a partir de 2018 deixará suas responsabilidades entre elas a presidência da Ferrari, uma vez que o plano estratégico de cinco anos para a integração entre a FIAT e a Chryler seja concluído.

"Eu, sem dúvida irei fazer outras coisas após 2018. Não voltarei atrás da decisão. Acabou para mim. Vamos deixar isso para os jovens", acrescentou o italiano.

Sergio Marchionne que se tornou presidente da FIAT em Junho de 2004, conseguiu triplicar as receitas e os lucros operacionais da fabricante italiana. Agora, com a fusão da FIAT com a Chrysler, o seu objectivo é alcançar um lucro de cinco mil milhões de euros em 2018.

Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário