Investimentos altos fazem a equipe Williams ter prejuízo de £$ 20 milhões



E nesta sexta-feira a equipe Williams, divulgou os resultados financeiros dos primeiros trimestres de 2014, porém não tiveram nada que comemorar pois tiveram um saldo negativo de £$ 20 milhões, mas segundo o atual CEO, Mike O'Driscoll, este resultado financeiro deve-se aos altos investimentos que a equipe realizou para manter um carro competitivo até o momento da temporada.

“Nós tivemos duas opções no final do ano passado, ou investíamos a sério para conseguirmos ter mais possibilidades de alcançar o sucesso, ou então aguardaríamos uma morte lenta e dolorosa. Escolhemos a primeira opção e por isso estamos um pouco limitados no momento”

Mike também afirmou que as dividas da equipe devem ser pagas ainda este ano, e que a equipe rendeu até a metade do campeonato, o valor de £$ 17 milhões

“Apesar de todos os problemas, garantimos que estas dívidas sejão pagas ainda neste ano”.

A equipe Williams que se conseguir terminar o campeonato na quarta posição no Mundial de Construtores receberá automaticamente £$15 milhões pela posição .

E por fim o atual CEO da equipe de Grove, acrescentou:

"Quando decidimos, que iriamos pressionar o botão reset, nós sabíamos que haveria um custo de investimento associado a isso".

"Nós tomamos a decisão, e depois de uma década de declínio até 2013,  já era o suficiente".

"E eu acho que os resultados dos nossos investimentos nas pessoas, em tecnologia e marketing estão sendo começando a aparecer".

"Os resultados em pista já são bem visíveis, e o melhor cartão de visita que o nosso departamento de engenharia pode ter é uma organização bem sucedida na F1." concluiu Mike O' Driscoll.


fonte:http://www.autosport.com/



Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário