FIA tentando aumentar a audiência da F1



Não é de hoje que vemos a FIA tentando aumentar a audiência da F1, só que desta vez o que eles querem fazer, segundo relatos da revista " Auto Motor und Sport", é limitar a comunicação via rádio entre os pilotos e os seus engenheiro de equipe durante as corridas para que a categoria volte a se tornar desafiadora. 

E segundo outro relato da revista "Auto Motor und Sport" as equipes já discutiram o assunto com FIA durante o fim de semana em Monza, e elas concordaram, pois á certas formas de comunicação que acabam indo a público e tendo um impacto negativo nos fãs, e a tal ideia veio de que a percepção dos fãs são de que os pilotos são como fantoches que simplesmente só seguem aquilo que é instruído por seus engenheiros, apontando assim como um dos fatores da queda de audiência da categoria.

Outra questão que se levantou, foi a de que os atuais pilotos estão se tornando muito dependentes dessas informações que lhe são passadas dos boxes, sobre onde podem ganhar tempo, como devem conduzir, e em especial informações sobre seus companheiros de equipe, como foi o caso de Hamilton e Rosberg em Monza.

Mas a intenção da FIA não é de banir totalmente as conversas via rádio entre piloto e engenheiro, porém querem limita-las, com a ideia de cumprir o artigo 20.1 do Regulamento Esportivo da F1 que se refere : " O piloto deve guiar o carro sozinho e sem ajuda"

E dado as circunstancias a FIA poderá entender que qualquer instrução que não seja por razões de procedimento ou segurança, mas que tenha como finalidade ajudar a performance do piloto, será declarado como quebra de regulamento.

As conversas entre as equipes e a FIA, sobre o assunto, deverá ter uma definição antes do GP de Cingapura, que acontece no dia 21 de setembro.

Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário