OFICIAL: Williams anuncia Sirotkin como companheiro de equipe de Stroll para 2018 e Kubica será reserva



E nesta terça-feira (16) a equipe Williams colocou um ponto final em sua novela de quem seria o companheiro de Lance Stroll na temporada de 2018 da F1, e anunciou o russo Sergey Sirotkin como o mais novo piloto da equipe.

O polonês, Robert Kubica, que até pouco tempo atrás era tido como o favorito para assumir essa vaga na Williams, acabou perdendo força quando o Sirotkin impressionou a equipe durante o teste da Pirelli em Abu Dhuabi , porém para Kubica não foi tão ruim, pois ele será o piloto reserva e de desenvolvimento da Williams neste ano.

A Williams disse que a escolha entre Kubica e Sirotkin para a vaga de titular na equipe foi baseada puramente no desempenho e venceu aquele que foi mais rápido, entretanto entendesse também que eles demoraram algumas semanas para fazerem o anuncio para assim poderem resolver alguns detalhes do contrato de Sirotkin que deve trazer para a equipe uma ajuda financeira de £ 15 milhões.
E de todas as equipes que estarão no grid de 2018, a Williams tem a dupla de piloto mais inexperiente, isso porque Lance Stroll que tem 19 anos tem apenas uma única temporada completa na categoria enquanto Sergey Sirotkin até hoje nunca disputou uma corrida na categoria da rainha, apenas testou alguns carros da categoria.

"Após um longo processo de avaliação dos pilotos, estou satisfeita em anunciar que a nossa dupla de pilotos para a temporada de 2018 está completa e estou ansiosa para ver o que a próxima temporada nos trará" - falou a chefe da equipe, Claire Williams. 

"Utilizamos todo o nosso tempo para avaliar todas as opções disponíveis, e estou confiante de que Lance e Sergey podem trazer bons resultados para a equipe".

"A filosofia da Williams sempre promover e desenvolver jovens talentos e Sergey se encaixa perfeitamente nesse requisitos".

"Lance teve uma temporada de estréia marcado por alguns recordes e agora tendo em sua bagagem uma temporada de experiência, está pronto para 2018" - concluiu. 

O diretor técnico da Williams, Paddy Lowe também falou sobre a escolha de Sirotkin que impressionou a equipe com seu excelente ritmo e feedback durante os testes em Abu Dhabi. 

"Realizamos um rigoroso e exaustivo processo de avaliação em nossos pilotos. No fim Sergey acabou impressionando a equipe com seu ritmo e talento, feedback técnico e ética de trabalho, tanto na fábrica quanto na pista, em Abu Dhabi". 

O jovem piloto russo, por sua vez não entrará na temporada de 2018 sem qualquer experiência, ele que já participou de treinos livres tanto com a Sauber quanto com a Renault, além é claro de ter guiado pela Williams no final de 2017 em Abu Dhabi. Sergey também  chegou a disputar as 24 Horas de LeMans pela equipe SMP além de fazer duas corridas pela ART na F2 este ano. Na antiga GP2, Sergey não teve resultados tão expressivos tendo conquistado apenas 3 vitórias e tido como o seu melhor resultado no campeonato um terceiro lugar. O último título conquistado pelo mesmo foi em 2011 na F-Abarth Euro. 

"Quero dizer que estou feliz e orgulhoso ao me juntar a uma equipe famosa como é a Williams. Foi preciso muito trabalho para chegar onde cheguei e estou realmente feliz e grato a todos os envolvidos" - disse Sergey Sirotkin.





Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário