Vettel supera Bottas na largada e vence o GP do Brasil , Massa termina em sétimo

Steven Tee / LAT Images
E depois de 9 anos, a Ferrari volta a vencer em Interlagos, com Sebastian Vettel, a equipe italiana que não sabia o que era subir no lugar mais alto do pódio no Brasil desde 2008 com Felipe Massa.

Mas hoje (12) estava tudo a favor da equipe da Maranello, já que o maior perigo chamado Lewis Hamilton acabou batendo ontem (11) durante o treino classificatório e teve que largar em último, porém depois decidiu largar dos boxes já que colocou um motor novo, enquanto isso Sebastian Vettel que largou na segunda colocação atrás de Valtteri Bottas da Mercedes, fez questão de já na largada superar o finlandês e dai em diante administro a vantagem para o mesmo até cruzar a bandeirada na primeira posição.

A vitória de Vettel em Interlagos já garante o seu vice-campeonato pois agora ele fica á 22 pontos na frente de Bottas na tabela de pilotos.

O completando o pódio tivemos Kimi Raikkonen da Ferrari que permaneceu na mesma colocação que largou, porém nas voltas finais teve pressão do tetracampeão Lewis Hamilton.

Hamilton que largou dos boxes após a equipe ter troca o seu motor, fez uma corrida excelente que se não fosse por alguns décimos e segundos que acabou perdendo atrás de alguns retardatários poderia ter tido mais tempo e mais chance de superar Raikkonen. O inglês que na primeira volta teve muita sorte, uma por ter largado dos boxes e evitado a confusão que houve no S do Senna que envolveu Magnussen. Vandoorne e Ricciardo, a outra pelo safetycar ter entrado na pista devido outro acidente só que desta vez envolvendo Grosjean e Ocon, que com isso fez que o inglês se aproximasse do pelotão e começasse ultrapassar um por um até a quarta colocação.

A dupla da Red Bull terminou na quinta e sexta colocação, com Max Verstappen em quinto quebrando o recorde da pista (em corrida) que era de Montoya. Daniel Ricciardo que largou na décima quarta colocação não teve tanta sorte na largada, pois que acabou sendo tocado por Vandoorne na saída do S do Senna e com isso acabou rodando, mas sem danificar seu carro, e assim pode voltar para a corrida e buscar um grande quinto lugar.


Felipe Massa diferente do ano passado conseguiu se despedir de uma forma honrosa, e em seu último GP do Brasil conseguiu extrair o máximo do carro e terminou na sétima colocação sendo o melhor do resto, além de ter mantido seu ex-companheiro de equipe na Ferrari, Fernando Alonso, que terminou na oitava colocação.

O nono colocado foi Sergio Perez da Force India, que nas voltas finais conseguiu encostar em Massa e Alonso e nos últimos metros quase conseguiu o superar, cruzando a bandeirada à 0,137s atrás do espanhol.

Com este sétimo lugar de Massa e o oitavo lugar de Alonso, ambos superando seus companheiros de equipe Stroll e Vandoorne por dois pontos, para o brasileiro é até mais importante pois ele agora entra no top 10 na tabela do mundial de pilotos.

Completando o top 10, tivemos Nico Hulkenberg da Renault seguido de seu companheiro de equipe Carlos Sainz Jr.



Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário