Horner afirma que Red Bull esteve muito perto de contratar Alonso



O chefe da equipe Red Bull, Christian Horner, novamente voltou a falar sobre a quase contratação de Alonso pela sua equipe, porém dessa vez deu mais detalhes sobre as abordagens e o porque de não terem conseguido contratar o espanhol.

Horner afirmou que eles abordaram Alonso no final de 2008 quando ele ainda pilotava pela Renault, e que ele e Helmut Marko chegaram a se encontra com os empresários do espanhol, porém devido a divergência de tempo do contrato não conseguiram fechar um acordo, pois a Red Bull gostaria de fechar um acordo para 2 anos que seria a da temporada de 2009 e 2010 enquanto Fernando Alonso gostaria de apenas 1 ano.

"Nós estávamos muito perto de assinar com Alonso. Helmut e eu fomos ver seus empresários no final de 2008 para oferecermos um contrato de dois anos (2009 e 2010). Mas ele só assinaria se fosse para um ano, dissemos que, a posição da Red Bull, era para um acordo de dois anos ou nada. Ele não iria se comprometer a isso" - disse Horner a revista MotorsportMagazine.
De acordo com Horner eles acreditavam que a Alonso já tinha um contrato com a Ferrari para a temporada de 2009 e por isso o resultado da negociação, no entanto o espanhol só foi para a equipe de Maranello em 2010, enquanto no final de 2008 ele acabou renovando com a Renault por mais um temporada.

"Acreditávamos que ele já tinha um contrato com a Ferrari para 2009. O que foi estranho, sobre isso, é que Flávio Briatore também estava envolvido, porém querendo manter Alonso na Renault, equipe a qual ele gerenciou por 10 anos" - acrescentou.
Por fim Christian Horner confirmou que as conversas entre Red Bull e Fernando Alonso ocorreram em mais alguns ocasiões, a primeira como foi mencionada em 2008, a segunda foi no meio da temporada de 2009 e a última quando ele já era um piloto da Ferrari.

"Em meados de 2009, fui abordado. Me perguntaram se Alonso poderia se juntar a equipe com a temporada em andamento, pois acreditavam que ele conseguiria vencer o campeonato daquele ano no nosso carro. Depois disso a outra abordagem ocorreu atrás de um Alfa Romeo no aeroporto de Spa alguns anos depois, em 2011 ou 2012, e depois nunca mais.... A negociação mais seria foi a primeira depois disso perdeu a oportunidade" - finalizou Horner em entrevista a 'Motorsportmagazine'

A Red Bull que em 2009 mostrou uma grande melhorar e que se tornaria uma equipe de ponta, e dito e feito dai em diante entre 2010 e 2013, eles dominaram a categoria conquistando com Sebastian Vettel quatro títulos consecutivos tanto de pilotos quanto de equipes, sendo três deles em cima de Fernando Alonso.
Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário