Vettel bate Hamilton no fim e lidera primeiro treino livre no Japão

Andrew Hone / LAT Images

O vice-líder do campeonato, Sebastian Vettel ditou o ritmo do primeiro treino livre para o GP do Japão, enquanto o líder do campeonato Lewis Hamilton ficou com o segundo melhor tempo à dois décimos do alemão. A sessão que foi interrompida por alguns minutos por causa do acidente de Carlos Sainz Jr.

Lewis Hamilton até parecia que iria iniciar o fim de semana para o GP do Japão na frente de Sebastian Vettel, já que ele dominou grande parte da sessão porém logo após o período de bandeira vermelha causado pelo acidente de Carlos Sainz Jr , faltando 23 minutos para o fim a Ferrari mandou seus dois pilotos para a pista com os pneus super-macios e não demorou para que Vettel que estava atrás de Hamilton por 0,042s o superasse e ainda ficasse com uma vantagem de 0,2s. 

A chegada da chuva nos 10 minutos finais garantiu que ninguém conseguisse surpreender o alemão da Ferrari e lhe tomar a liderança da sessão.

Daniel Ricciardo também teve o gostinho de liderar um pouco está primeira sessão porém foi apenas o tempo de Hamilton retornar aos boxes e trocar os pneus macios pelo super-macios. O australiano que ficou a cerca de 0,3s atrás do melhor tempo da sessão.

A quarta, quinta e sexta colocação ficaram com Kimi Raikkonen que queixou-se de seus freios, Valtteri Bottas que teve um momento um tanto quanto estranho quando acabou pisando um pouco na grama ainda na reta de largada e Max Verstappen que também chegou a passear pelo cascalho. 

O melhor do resto foi Esteban Ocon que no final da sessão conseguiu colocar a Force India no top 10 seguido por Nico Hulkenberg da Renault, Romain Grosjean da Haas e Stoffel Vandoorne da Mclaren. 

Kevin Magnussen e Fernando Alonso que fizeram o décimo primeiro e o décimo segundo tempo ficaram a menos de 0,050s de Vandoorne que fez o décimo melhor tempo da sessão. 

O brasileiro Felipe Massa ficou apenas com o décimo sexto tempo, sendo superado por seu companheiro de equipe Lance Stroll que ficou com o décimo quarto tempo. 


Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário