Ricciardo surpreende e lidera segunda sessão de treinos livres no México

Sam Bloxham / LAT Images

E a segunda sessão de treinos livres foi liderada por Daniel Ricciardo que surpreendeu ao cravar o melhor tempo da sessão com os pneus macios enquanto Lewis Hamilton que marcou o segundo melhor tempo à 0,1s atrás do australiano utilizou os pneus ultra-macios. 

A sessão também teve alguns incidentes como na primeira sessão, tivemos Hamilton rodando na pista logo nos primeiros minutos, além dele tivemos Hartley, Stroll que também rodaram durante o treino. Mas o incidente mais inusitado foi o de Sebastian Vettel que teve problema com o seu extintor de incêndio que acabou estourando no cockpit e com isso ele precisou voltar para os boxes. 


Max Verstappen companheiro de Daniel Ricciardo, conseguiu cravar o terceiro melhor tempo da sessão ficando quase 0,2s atrás, porém o jovem piloto teve que abandonar a sessão prematuramente por causa de problemas técnicos no motor. 

A quarta e quinta colocação ficou com a dupla da Ferrari, com Sebastian Vettel superando mais uma vez Kimi Raikkonen. Logo atrás das Ferrari tivemos o líder da primeira sessão, Valtteri Bottas , que nesta segunda sessão não conseguiu ter o mesmo ritmo e se queixou de ter menos aderência do que antes e com isso junto de seu companheiro de equipe foi um dos pilotos que mais completou voltas um total de 43 contra 40 de Hamilton, ambos que utilizaram apenas dois jogos de pneus o que já deixa claro que a intenção deles era a simulação de corrida. 

O melhor do resto foi Fernando Alonso que conseguiu fazer o sétimo melhor tempo da sessão com a sua Mclaren ficando à frente de Sergio Perez da Force India que terminou o dia na oitava colocação. 

As duas últimas posições do top 10 foram de Nico Hulkenberg da Renault e Esteban Ocon da Force India. 

O brasileiro Felipe Massa ficou com o décimo segundo tempo enquanto seu companheiro de equipe Lance Stroll ficou com o décimo quarto. 

O dia de hoje foi literalmente um pesadelo para o francês da Haas, Romain Grosjean, ele que havia perdido a primeira sessão de treinos livres por ter que ceder seu carro a Antonio Giovinazzi, sabia que iria precisar correr atrás desse tempo perdido na segunda sessão, porém após completar 3 voltas ele acabou rodando na entrada da reta dos boxes onde teve seu pneu traseiro esquerdo dechapado que acabou danificando o assoalho do carro, após retornar aos boxes o piloto não retornou mais para à pista. 


Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário