Toro Rosso negocia com a Honda contrato de 3 anos para o fornecimento de motores


E segundo relatos da revista britânica 'AutoSport' a Toro Rosso teria concordado com um contrato com a Honda de três anos para o fornecimento de motores .

A Honda que desde o início da temporada se mostrou disposta a fornecer motores para uma segunda equipe deverá no fim ficar apenas com uma equipe já que a equipe Sauber com quem eles tinham um acordo para o fornecer motores na temporada de 2018, acabou rompendo o acordo, para piorar a situação a Mclaren também quer romper seu acordo com os japoneses devido a falta de potência e confiabilidade de seus motores, com a isso a Honda agora estaria negociando com a equipe satélite da Red Bull podendo se tornar a única equipe de 2018 a utilizar o motor Honda. 

A Mclaren que pretende contar com os motores Renault para a próxima temporada espera muito por este acordo entre a Toro Rosso e a Honda, já que os franceses disseram que não podem fornecer motores para mais de 4 equipes no grid e por isso a equipe de Woking colocou a Toro Rosso no meio da negociação pois se um acordo entre eles e a Honda forem selado o caminho fica livre para a Mclaren receber os motores Renault. 

O anuncio oficial deste acordo entre Toro Rosso e Honda deve acontecer durante este fim de semana no GP de Singapura. 

Caso está mudança for concretizada a Toro Rosso começará a sua terceira temporada seguida  com um fornecedor de motor diferente. A Toro Rosso que utilizou motores Ferrari na temporada de 2016 e para esta temporada voltou a utilizar os motores Renault. 

A 'AutoSport' também relatou que Helmut Marko gostaria de ter os motores Honda nos carros da Red Bull entretanto os japoneses precisariam melhorar o desempenho para que isso acontecesse. Com isso então a Honda terá que trabalhar duro para melhorar o desempenho de seu motor e assim voltar a coloca-lo numa equipe de ponta  caso tudo que foi relatado vier a se confirmar.


Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário