OFICIAL: Gasly substituirá Kvyat a partir do GP da Malásia



E nesta terça-feira (26) a Toro Rosso anunciou que Pierre Gasly irá substituir Daniil Kvyat para o GP da Malásia que acontece neste fim de semana e para o GP do Japão que ocorrerá no outro fim de semana.

Entende-se com este movimento que a Red Bull que dar a chance para Gasly mostrar se merece um contrato em tempo integral para a temporada de 2018, onde deverá assumir o posto de Carlos Sainz Jr que irá para a Renault. A ideia no entanto da Red Bull era que Sainz Jr fosse ainda este ano para a Renault porém como Jolyon Palmer resolveu terminar a temporada pela Renault a Red Bull então ficou sem muito o que fazer e decidiram dar o lugar de Kvyat para Gasly até porque Sainz Jr na última corrida conquistou um excelente quarto lugar o que fez com que a Toro Rosso entrasse direto na briga pelo quinto lugar na tabela de construtores ficando apenas 7 pontos atrás da Williams e a 10 pontos à frente da Renault.

"Está mudança de pilotos nos dá a oportunidade de tomar a decisão correta sobre a nossas escolhas de pilotos para 2018. A Toro Rosso foi criada pela Red Bull na intenção de levar os jovens pilotos de seu programa para a F1 e é isso que estamos fazendo, dando a oportunidade a Pierre"- disse Franz Tost, chefe da Toro Rosso. 

Além disso Tost afirmou que devido aos ótimos resultados que Pierre Gasly vem tendo, como o título da GP2 em 2016 e atualmente se tornando um grande concorrente ao título na categoria japonesa Super Formula, o francês merece está chance.

"Ele é o próximo jovem piloto na fila da Red Bull para ter está oportunidade e mostrou que ele merece, ganhou o título da GP2 em 2016 e neste ano tem sido muito competitivo na Super Formula no Japão ".

Gasly que conquistou duas vitórias e um segundo lugar nas últimas três corridas da Super Formula o que fez com que ele diminuísse a diferença para o líder do campeonato para apenas meio ponto.

"Ele realmente tem a chance de ganhar o título da Super Fórmula, já que ele está a apenas meio ponto do líder"- afirmou Tost. 

Entretanto Gasly não poderá correr no GP dos EUA por causa que coincidirá com a rodada final do campeonato da Super Fórmula em Suzuka.
A Red Bull que começou a apoiar Pierre Gasly em 2014, após ele ter conquistado do título da Fórmula Renault 2.0 Eurocup. Ele já testou tanto os carros da Toro Rosso quanto os da Red Bull, mas ainda não participou oficialmente de um fim de semana de grande prêmio.

"Gostaria de agradecer a todos que me ajudaram a ter essa chance na minha carreira no automobilismo, especificamente, a Red Bull, Dr. Helmut Marko e a Toro Rosso. Está é uma grande oportunidade para mim. Eu me sinto pronto para este desafio, pois como terceiro piloto da Red Bull sempre estive preparado para qualquer coisa que meu papel precisasse desempenhar. Darei o meu melhor para ajudar a Toro Rosso durante essas próximas corridas". - disse o jovem piloto francês. 


Sobre o piloto russo, Daniil Kvyat a Toro Rosso sublinhou que este não é um adeus e que ele ainda continua sendo parte da família Red Bull.

"Por uma variedade de razões, alguns de problemas técnicos, mas outros sendo de seus próprios erros, Kvyat ainda não mostrou seu real potencial até o momento nesta temporada e é por isso que colocamos Gasly para guiar nas próximas corrida. Isso nos dará a oportunidade de avaliar Pierre da melhor forma durante um fim de semana de corrida"- concluiu Tost.
Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário