NOITE PERFEITA: Hamilton vence em Singapura e Vettel abandona na primeira volta


E pela primeira vez na história da F1 os pilotos iniciaram um GP noturno com pista molhada e este cenário não poderia ser melhor para Hamilton que largou na quinta colocação e não tinha muitas chances reais de poder vencer está corrida, porém como pista molhada é igual a imprevisibilidade, o inglês da Mercedes foi o primeiro a ver a bandeirada e também viu seu rival no campeonato Sebastian Vettel abandonar a corrida ainda nos primeiros metros, após se envolver em um incidente com Raikkonen e Verstappen na largada.

O alemão da Ferrari que havia largada na pole position, tinha tudo para sair de Singapura de volta a liderança do campeonato porém na largada quando Max Verstappen tentou partir para cima, ele acabou jogando o carro para cima de Verstappen no lado de dentro, entretanto não conta que seu companheiro de equipe Kimi Raikkonen faria uma bela largada e por causa de tal movimento fez com que Verstappen se chocasse com Raikkonen e ainda antes da primeira curva o finlandês tocou na lateral do carro de Vettel que conseguiu seguir na corrida por mais alguns metros até rodar e bater o carro no muro.

Steven Tee / LAT Images
Raikkonen que após bater em Vettel fez um strike em Verstappen na curva 1 que também acabou envolvendo Fernando Alonso da Mclaren que vinha para assumir a terceira colocação, sorte do espanhol que mesmo o toque tendo sido forte ele continuou na corrida mas com um desempenho bem abaixo graças a batida e acabou abandonando a corrida por problemas no motor novamente. 

Lewis Hamilton que pulou de quinto para segundo nos primeiros metros de corrida, cruzou a primeira volta já na primeira colocação, e viu tudo de camarote até Vettel perdendo o controle na sua frente, e dai em diante o inglês só manteve a diferença para Daniel Ricciardo para conquistar a sua 60ª vitória na carreira e disparar na liderança do campeonato com 28 pontos de vantagem sobre Vettel.

A Red Bull que esperava brigar pela vitória ainda mais nas condições que a corrida começou teve que se contentar com o segundo lugar de Daniel Ricciardo, ele que fez o que podia em todas as vezes que o safetycar entrou na pista, mas Hamilton tinha tudo sobre o controle para não ser ameaçado.

E ainda para o pesadelo da Ferrari viram Valtteri Bottas completar o pódio na terceira colocação fazendo assim com que a vantagem da Mercedes na tabela de construtores aumentasse agora para 102 pontos.

A quarta colocação ficou com Carlos Sainz Jr que largou na décima posição e com as confusões da largada já estava na quinta colocação a onde ficou a maior da corrida mas no final viu Nico Hulkenberg seu futuro companheiro de equipe ter problemas e assim assumiu cruzou a linha de chegada na quarta colocação.

Sergio Perez que confirmou que ficará mais um ano na Force India cruzou a linha de chegada na quinta posição seguido por Jolyon Palmer que conquistou seu melhor resultado na F1 após ontem (16) receber a noticia que não seguirá com a Renault na próxima temporada.

Sem Fernando Alonso na corrida, a Mclaren teve que contar com Stoffel Vandoorne para marcar mais alguns pontos, e o piloto belga conseguiu terminar a corrida na sétima colocação após travar um boa batalha com Lance Stroll que largou na décima oitava colocação e terminou a corrida em oitavo lugar.

Romain Grosjean e Esteban Ocon fecharam o top 10. A corrida que terminou apenas com 12 carros, sendo os últimos dois carros a Williams de Felipe Massa e a Sauber de Pascal Wehrlein.

O alemão da Renault Nico Hulkenberg fez uma grande corrida, chegando a andar até na terceira colocação no inicio da corrida porém depois acabou sendo superado por Bottas e no final da corrida quando ocupava a quarta colocação sofreu um problema no carro e teve que abandonar a corrida, com isso Hulkenberg se torna o piloto que mais fez corridas sem conquistar um pódio na história da F1.

Dentro as equipes que pontuaram hoje (17), apenas a Mercedes e a Force India conseguiram marcar pontos com seus dois carros. 


Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário