Hamilton vence na Bélgica de ponta a ponta e reduz vantagem de Vettel no campeonato


E em seu 200º Grande Prêmio, Lewis Hamilton fez o que precisava, e conquistou a sua vitória número 58 na F1, conseguindo também reduzir a vantagem de Sebastian Vettel para apenas 7 pontos. 

Hamilton que não teve uma vida fácil durante a corrida já que passou grande parte dela recebendo pressão de Sebastian Vettel e quase chegou a ser ultrapassado após a saída do Safety Car, entretanto conseguiu se impor e cruzar a linha de chegada em primeiro lugar, conquistando assim a sua sexta vitória nesta temporada. 

O GP da Bélgica também mostrou que a Ferrari pelo menos com Sebastian Vettel vão brigar pela vitória em Monza, já que se esperava que na Bélgica a Mercedes conseguisse de maneira tranquila fazer uma dobradinha mas não foi o que ocorreu e isso provavelmente acendeu mais um alerta na Mercedes, pois Vettel cruzou a linha de chegada apenas 2,3s atrás de Hamilton.

O terceiro colocado foi Daniel Ricciardo, que passou grande parte da corrida entre quinto e quarto lugar, soube aproveitar a oportunidade de quando o Safety Car entrou na pista e deixou todos juntos, naquele momento ele ocupava a quarta colocação e assim que a bandeira verde foi dada ele partiu para cima de Valtteri Bottas e assumiu a terceira colocação, enquanto o finlandês da Mercedes acabou perdendo posição não só para o australiano da Red Bull mas para seu compatriota da Ferrari , Kimi Raikkonen, assim Bottas terminou a corrida na quinta colocação. 

O finlandês da Ferrari que poderia ter terminado em uma posição melhor acabou perdendo um bom tempo devido a uma punição de 10s que por não ter reduzido a velocidade sob bandeiras amarelas após o abandono de Max Verstappen.

Nico Hulkenberg da Renault que havia largado em sétimo lugar, contou com o abandono de Max Verstappen para terminar a corrida na sexta posição, ele que travou uma bela briga com Fernando Alonso e Esteban Ocon ainda nas primeiras voltas. Logo atrás do alemão da Renault tivemos Romain Grosjean da Haas terminando a corrida em sétimo lugar.

O brasileiro Felipe Massa fez uma excelente corrida, após largar de décimo sexto e terminar na oitava colocação, ele que aproveitou abandonos e confusões das duas Force India para terminar na zona de pontuação, enquanto seu companheiro de equipe Lance Stroll terminou em décimo primeiro. 

Esteban Ocon que terminou em nono lugar, protagonizou com seu companheiro de equipe Sergio Perez uma batalha um tanto quanto perigosa que no fim precisou que o Safety Car entrasse na pista para limpar, pois ambos os pilotos se tocaram na descida para a Eau Rouge e com isso Ocon acabou quebrando parte do bico enquanto Perez teve seu pneu traseiro furado. Dois pilotos da Force India que ainda na primeira volta também haviam se tocado roda com roda no mesmo lugar do acidente porém naquele momento tudo havia terminado bem. 

O décimo colocado fechando a zona de pontuação foi Carlos Sainz Jr da Toro Rosso. 

A corrida em si contou com poucos abandonos sendo eles, Max Verstappen, Pascal Wehrlein, Fernando Alonso e Sergio Perez. Entretanto acreditasse que Fernando Alonso tenha abandonado a corrida por vontade própria e fingiu algum problema, já que ele passou grande parte da corrida reclamando no rádio por causa da falta de potência e a facilidade que os outros pilotos o ultrapassagem nas retas. 

A próxima etapa do mundial da F1 acontece no próximo fim de semana em Monza na Itália. 


Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário