Imbatível, Hamilton não dá chances aos rivais e vence o GP da Inglaterra e fica apenas 1 ponto atrás de Vettel no campeonato


Lewis Hamilton simplesmente dominou com maestria este fim de semana em Silverstone, além de ter feito ontem (15) a pole position com uma diferença bem confortável para seus rivais, venceu hoje (16) a corrida em 'casa' em Silverstone de ponta a ponta sem que ninguém ameaçasse sua vitória além é claro de ter reduzido a vantagem de Sebastian Vettel sobre ele no campeonato que era de 20 pontos para apenas 1 pontos graças a um problema de pneu que o alemão sofreu nas últimas voltas .

Hamilton que chega a sua quinta vitória na Inglaterra empatando com Jim Clark e Alain Prost que são os recordistas de vitórias no circuito britânico.

A segunda colocação ficou com Valtteri Bottas, isso mesmo, o finlandês que largou na nono colocação conseguiu fazer uma bela corrida de recuperação e nas voltas finais de pneu super-macio antes das duas Ferrari terem problema com pneu furado, ele já ocupava a terceira colocação e assim que seu compatriota Kimi Raikkonen teve problema com os pneus e precisou parar nos boxes , assumiu a segunda colocação fazendo assim mais uma dobradinha da equipe alemã, que nesta temporada diferente dos últimos 3 anos  não tem sido uma tarefa fácil ter os dois carros em P1 e P2.  

Kimi Raikkonen mesmo sofrendo com problema no pneu à 3 voltas do final e precisando fazer um pit stop conseguiu terminar a corrida na terceira posição à 36s atrás de Hamilton, isso porque o finlandês teve sorte de no meio da volta que seu pneu deu problema e com a vantagem que ele tinha sobre Max Verstappen da Red Bull teve o luxo de perder alguns segundos na pista e nos boxes e mesmo assim terminar a corrida no pódio. 

As Red Bull que tem sofrido com um grande deficit de potência contra Mercedes e Ferrari tiveram seus dois carros no top 5 com Verstappen em quarto e Ricciardo que largou na penúltima posição em quinto. 

O quarto colocado Max Verstappen protagonizou um bela disputa de posição com Sebastian Vettel, ele que ganhou a posição do alemão ainda na largada teve uma disputa bem acirrada quando o Ferrarista tentou supera-lo na volta 14,  mas o 'menino' Verstappen novamente mostrou que ultrapassar ele não é tão fácil quanto os outros e permaneceu à frente do alemão até volta 20, quando graças a boa estratégia da Ferrari e um pit stop sem erros Vettel superou o holandês da Red Bull que não teve um pit stop nada feliz, pois houve uma pequena demora na troca da roda traseira esquerda e no final devido ao desgaste de pneu acabou perdendo posição para Valtteri Bottas. 

Daniel Ricciardo que largou na décima nona posição não deu chances para aqueles que estavam a sua frente e foi escalando o pelotão um á um e aproveitou alguns abandonos que houve na corrida para terminar a corrida num excelente quinto lugar. 

De longe uma das grandes surpresa do fim de semana e que vem mostrando um grande evolução nesta temporada, foi a equipe Renault, que mesmo vendo Jolyon Palmer abandonar a corrida ainda na volta de formação com problema de motor, viu Nico Hulkenberg que largou em sexto lugar cruzar a linha de chegada na  mesma posição , só não conseguiu ficar no top 5 pois no final da corrida acabou sendo superado por Ricciardo. 



O líder do campeonato, Sebastian Vettel terminou a corrida numa ótima sétima colocação levando em conta o problema que ele teve no pneu dianteira esquerdo faltando apenas duas voltas e no caso dele a situação bem pior do que a de Raikkonen, pois seu pneu acabou se deteriorando bem mais rápido e com isso ele perdeu uma grande tempo até que conseguisse chegar nos boxes e fazer na última volta fazer um pit stop e terminar a corrida tomando quase 1 volta de Hamilton. 

A dupla da Force India terminou na oitava e nona colocação com Esteban Ocon superando Sergio Perez. O piloto francês que teve um largada sensacional superando tanto seu companheiro de equipe quanto Hulkenberg que largou na frente dos dois, porém devido a estratégia acabou perdendo a posição o piloto da Renault, mas conseguiu segurar Sergio Perez que o pressionou quase a corrida inteira. 

O décimo lugar ficou com o brasileiro, Felipe Massa, que superou Stoffel Vandoorne da Mclaren e tentou ir para cima da dupla da Force India mas não obteve sucesso contra os carros 'rosas'.  

–– ADVERTISEMENT ––

A Mclaren novamente deixou a desejar e não por Stoffel Vandoorne porque ele fez o que podia mesmo tendo um grande deficit de potência, mas por causa de Fernando Alonso que novamente teve que abandonar a corrida por problemas no motor Honda. 

Além de Palmer e Alonso outro piloto que não completou a corrida foi Carlos Sainz Jr que na primeira volta acabou se envolvendo em um incidente com seu companheiro de equipe Daniil Kvyat e teve que dar adeus a corrida precocemente, o piloto russo continuou na corrida e terminou na décima quinta posição.


Share on Google Plus

About Raphael Carvalho

0 comentários:

Postar um comentário